segunda-feira, 18 de março de 2013

AS PIORES CANÇÕES DE RAUL SEIXAS

A cada aniversário de Raul Seixas, de nascimento ou morte, o baiano é amplamente celebrado: são shows tributos, coletâneas, regravações, relançamentos, o diabo a quatro, e quase tudo de gosto duvidoso. Para fugir um pouco desse marasmo com hora marcada, resolvi provocar e selecionar as cinco piores canções de Raul Seixas, lembrando que a escolha foi feita por um raulseixista legítimo, mas nem tão xiita assim:

VIM DIZER QUE AINDA TE AMO (Raulzito/ Mauro Motta)
Em sua fase de produtor da CBS, Raulzito, como ele assinava, teve mais de cem canções gravadas pelos populares artistas que faziam parte do casting da gravadora (algumas ele reutilizou depois com novas letras). Tesouros perdidos dessa época merecem ser descobertos, embora os nossos bem intencionados intérpretes prefiram não se arriscar e requentar os clássicos que já fazem parte do cardápio do grande público. Por outro lado, algumas devem continuar no fundo do baú do Raul, é o caso de “Vim Dizer que Ainda te Amo”, na voz do ilustre desconhecido Raphael, gravada em 1972. O derramamento de glicose é tão grande que nem me atrevo a classificá-la como “brega”, acho que nem Zezé Di Camargo a cantaria, visto que quando foi convocado a gravar algo de Raul, escolheu “Medo da Chuva”, uma música que prega a liberdade conjugal. Em um raro instante de desprendimento financeiro, Kika Seixas impediu o lançamento de uma caixa contendo o material desse período, talvez temendo que a obra do maluco beleza fosse manchada. MOMENTO POR QUÊ? PRA QUÊ?: “Vim dizer que ainda te amo/ meu coração é seu/ vim dizer que ainda te amo/ que nada se perdeu”.




CANTIGA DE NINAR (Raul Seixas/ Paulo Coelho)
Creio que "chata" é característica obrigatória para as canções de ninar. Faixa do pouco inspirado “Há Dez Mil Anos Atrás”, de 1976, esta parece completamente deslocada, principalmente por surgir logo após o animado baião “Os Números”. O que deveria ser um acalanto funciona realmente como uma canção de ninar, mas por outros motivos: no auge de sua forma vocal a performance de Raul não alcança  a delicadeza de “A Maçã” ou a singeleza de “ A Hora do Trem Passar” ou “Ave-Maria da Rua”, como o gênero exige, talvez tenha faltado poesia para provocar a emoção. Sem entregar o que promete, a canção, além de deixar o bebê acordado, ocupa desnecessariamente o lugar de algo mais relevante no disco, como “Love is Magick”, lado B do single do mesmo ano. É o tipo de música que quando executada alguém diz: "pula essa". MOMENTO POR QUÊ? PRA QUÊ?:“Você chora quando tem fome/ mas vem logo uma mamadeira”.



 

O SEGREDO DO UNIVERSO (Raul Seixas/ Oscar Rasmussem)
1979 foi um ano conturbado para Raul: seu contrato foi encerrado, se separou de Tania Menna Barreto, seu segurança foi assassinado dentro do seu apartamento, retirou metade do pâncreas e como se não pudesse piorar, conheceu Ângela (Kika). Mas a nossa história começa alguns meses antes, reza a lenda que ele teve contato com um caderno de poemas escritos pelo argentino Oscar Rasmussem em uma festa daquelas, o que foi suficiente para ele se encantar e compor as nove canções que fariam parte do seu último trabalho pela Warner, “Por Quem os Sinos Dobram”. A substituição da anárquica letra inspirada em Hemingway e no Gênesis, em parceria com Cláudio Roberto, por um arremedo de pílulas de autoajuda do quilate de “nunca se vence uma guerra lutando sozinho” ou “é sempre mais fácil achar que a culpa do é do outro”, gerou uma breve rusga entre os dois amigos. Não é difícil selecionar uma canção ruim nesse disco, “Ide a Mim Dadá” e “Da-lhe que Dá” são fortes concorrentes, mas “O Segredo do Universo” não tem rival. O título, que emula um Raul mais profético e místico, não passa de um rock simples, básico, decepcionando quem esperava algo épico, uma nova “Gita”. Percebendo o poder comercial do título, anos depois a gravadora lançaria uma coletânea com essa denominação. Há quem acredite que seja uma letra enigmática, repleta de simbologias, mas fã de Raul Seixas acredita em tanta coisa. MOMENTO POR QUÊ? PRA QUÊ?: “Dentro do mambo e da consciência/ está o segredo do universo”.

 

 

CANÇÃO DO MELÂNCIO (Raul Seixas/ Kika Seixas)
Obrigatoriamente eu teria que colocar alguma faixa do  “Metrô Linha 743”, de 1984, de preferência alguma parceria com Kika Seixas. Implicância gratuita? Talvez. No disco há cinco “parcerias” com Kika, além de uma irritante participação em “Mamãe, Eu Não Queria” (costumo creditar a ela o péssimo refrão de “Meu Piano”
talvez seja realmente implicância). Metrô Linha é um disco que nunca me conquistou: o som é ruim, os arranjos, as letras, a gravadora... Para piorar, ainda há duas inexplicáveis regravações que nem chegam perto das originais (“O Trem das Sete” e “Eu Sou Egoísta”), o que só confirma a falta de material inédito de Raul. Mas para não ser injusto com músicas como “Quero Ser o Homem que sou”, preferi incluir a “Canção do Melâncio”, interpretada pelo falecido cantor religioso Reinaldo Cominato para a trilha sonora do programa infantil TV TUTTI-FRUTTI, exibido pela Bandeirantes entre 1983 e 1984, onde os protagonistas eram frutas e vegetais (Milhofone, Prefeito Gerimum, Chico Pimentão, Melâncio, entre outros). A música nada mais é do que uma versão hortifruti para “Peixuxa” o amiguinho dos peixes, do álbum “Novo Aeon, de 1975 – que apesar de surrupiar descaradamente "Ob-La-Di, Ob-La-Da" dos Beatles passa pelo meu crivo por sua mensagem ecologicamente correta, em uma época em que meio-ambiente não era tendência. Apropriando-se do fonograma original gravado pelos Fevers, excluindo apenas a voz, no melhor estilo karaokê, foi inserida uma letra onde verduras e frutas curtem uma festa animada na hortolândia. Tudo bem, era para as crianças, mas custava compor uma música nova? MOMENTO POR QUÊ? PRA QUÊ? “E se não é noite/ e se não é dia/ Melâncio amavelmente dá melancia”.
 

 

VOCÊ ROUBOU MEU VIDEOCASSETE e CÂIMBRA NO PÉ (Raul Seixas/ Marcelo Nova)
Sempre desconfiei da real participação de Raul nas canções com Marcelo Nova em “A Panela do Diabo”, como ao longo da carreira ele “herdou” algumas parcerias (sendo “Capim Guiné” a mais célebre) em seu derradeiro trabalho não seria diferente. Não só por sua condição física, mas tenho dificuldade para visualizar Raul nas músicas que encerram o disco. Se “Nenhuma Conexão” não tivesse ficado de fora, fatalmente receberia o carimbo Raulzito e Marceleza, mas como só foi gravada cinco anos depois, Marcelo assumiu sozinho a autoria. “Câimbra no Pé” é uma genuína composição de Marcelo Nova, em gênero, número e grau, não estranharia se ela aparecesse em alguma sobra de estúdio do álbum “Duplo Sentido”, do Camisa de Vênus, com sua letra original, “saiba esperto ou burro, você vai morrer aqui, isso é um perigo eu sei, mas esse é um país perigoso, se não nos detectarem não há tumulto na imprensa”. Já o início de “Você Roubou Meu Videocassete” é emblemático, com a banda entrando antes do tempo e Raul tentando corrigir. MOMENTO POR QUÊ? PRA QUÊ? “Você roubou meu videocassete pensando que eu fosse o controle-remoto”.


111 comentários:

  1. Caprichou na seleçã, heim????? :-) E ainda assim, é meu, tão meu maluco beleza!!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Se há uma canção que alguém como eu tem de admirar de modo exaltado é “Ouro de tolo”. Sobretudo com aquela gravação, paródia de “Detalhes”, de causar inveja a qualquer tropicalista que se preze. Além disso, tem as bases espetaculares, aquela bateria aquela banda, que estão em tantos discos de Raul. Um babaca musical como eu tem de apreciar com reverência. Se Nando Reis me diz que fica embasbacado com “O conteúdo”, entendo que valeu a pena esperar. Eu amava o Camisa de Vênus. Nunca pedi, quis ou esperei reciprocidade de seu front-man. Nem preciso. Uma vez eu disse que Ivan Lins era música e Nirvana era lixo. Ora, eu gosto mais do Nirvana do que de quase tudo que ouvi nas últimas décadas. Mas o jornalismo de rock imitado do britânico me enche o saco.

    ResponderExcluir
  3. "CANÇÃO DO MELÂNCIO" essa foi de doer, nunca ouvi, acho, mas só o nome é cruel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra que mesmo ouvir antes de criticar? Afinal de contas tudo o que um blogueiro metido a hipster britânico possuído pelo prassódia escreveu, virou lenda. MUSICA PARA CRIANÇA, repita esse mantra dentro de si e terás a resposta.

      Excluir
    2. Essa do Melâncio foi a pior.
      Por isso nessa época eu preferia assistir globo, tinha o Carimbador Maluco!
      Na Band tinha a Canção do Melâncio.
      Mesmo assism sou Raulseixista! Viva Raul.

      Excluir
  4. CANÇÃO DO MELÂNCIO,lembrei naquele dia no Bar,Bistrô, estacamos com Wilson Aragão ele falou que Raul plagiava ele mesmo, agora entendi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wilson Aragão, autor de Capim Guiné, tem razão.
      SOS, Abre-te Sésamo, Sapato 36, entre outras,
      possuem "versões originais".

      Excluir
  5. A Panela do Diabo foi um engano, é praticamente um disco do Marcelo.
    Mas tem um monte de canção bizarra por aí: "Doce, doce amor","Loba", "I Am"...
    putz, tem muita, mas agora até Chorão é gênio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puts.. Eu curto "Loba" ... rsrs

      Excluir
    2. Puts.. Eu curto "Loba" ... =\

      Excluir
    3. Também, "índole de loba libidinosa".

      Excluir
    4. Não, bicho. Doce, Doce Amor é uma música de protesto. Não é bizarra. Ela se trata do AI-5. Quem "tem andado e sumiu" foi a liberdade!

      Excluir
  6. vou confessar uma coisa ... no quesito Raul Seixas não faço parte da unanimidade ... não gosto tanto assim dele ... #fato

    ResponderExcluir
  7. É Herculano A loucura tem momentos perfeitos e outros incompreensíveis ...Só o Raul sabe o que quis dizer ...quanto a plagiar ele mesmo ...Quem não o faz !!! Se é bom porque não ...!!! Parabéns Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  8. Perto das outras, "O Segredo do Universo" é ótima. :) Que seleção! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A letra de O Segredo do Universo é complexa demais para mim.
      Me sinto como os transeuntes na avenida comercial:
      "sem saber em que pensar".

      Excluir
    2. Eu discordo sobre o SEGREDO DO UNIVERSO.O meu LP favorito do Raul Seixas é POR QUEM OS SINOS DOBRAM e a única faixa mais fraca é DÁ-LHE QUE DÁ,que realmente é uma letra fraca.Nesse LP o Raul toca todos os instrumentos,com exceção da bateria e não possui músicas comerciais e divulgadas pela Mídia.Os LPs Krig-ha Bandolo,Gita,Novo Aeon e 10 mil anos atrás são ótimos,mas enjoativos de tanto ouvir as músicas ''Carne-de-vaca'' que todo Raulseixista já ouviu 1 milhão de vezes.

      Excluir
  9. Pude apostar comigo mesmo que entre estas estaria "Mosca na Sopa" E droga, errei.
    Odeio aquela música.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃOOOOOOOOO....
      "Mosca na Sopa" é sensacional.

      Excluir
    2. Não querendo fazer do espaço um "Orkut" rsrsrs

      Pô, "Mosca na sopa" é sensacional [2]

      Excluir
  10. Se for Raul....não importa... és imortal e todas tem um história e um significado... agradeço pela postagem, pois nem todas conhecia... muito mais feliz agora...grato

    ResponderExcluir
  11. Piores músicas de RAUL?????
    O mestre não tem música ruim!!!
    E viva RAULZITO""""

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vc bem disse:
      "Fã de Raul Seixas acredita em cada coisa",
      até que ele não fez música ruim.

      Excluir
  12. Voce é um BABACA otimas Canções
    seus argumentos são no puro ACHISIMO! não me venha querer influnciar os falsos Raulseixistas!

    VIVA OS VERDADEIROS RAULSEIXISTAS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até sinto uns arrepios quando leio/ouço troços do gênero "Os VERDADEIROS isso e aquilo"... só me faz lembrar fanatismo religioso.

      Supor que um artista, seja ele quem for, grava tanto disco e não faz UMA merda, é ser ingênuo demais... ou porque não dizer BABACA? rsrsrsrs

      Excluir
  13. Esse não sabe o que escrever, e tem uma que não entende mosca na sopa, e outro que fala que panela do diabo e só Marcelo nova , na certa era pra ter mais um disco de Marcelo com essa mesma linha!!!!!!!!são argumentos sem sentido, só inveja de Raul que ainda estar vivo depois 24 anos SERA QUE TEM UM ARTISTA COM ESSA FAMA , pare e pense!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Cara, gostei de seu blog e da coragem com que comentas sobre as "papagaiadas" do genial soteropolitano Raul. Tive a honra de ser amigo do Raul por mais de 35 anos e posso garantir a todos que seus comentários a respeito de suas piores canções são ótimos, verdadeiros e inteligentíssimos. Raul me disse há mais de 30 anos atrás tudo isso que você colocou. Raul era mesmo um gênio, ele mesmo falava sobre suas canções de péssima qualidade, tanto é que compôs quase cem canções popularescas e pouco conhecidas. Mas todas elas tinham explicação, por isso Raul foi um gênio. Plagiador nato e daí sua genialidade, pois tais plagios jamais foram discutidos na justiça e somente se tornaram mais conhecidos após sua morte. Agora no próximo dia 22 de março, às 20:00hs. estarei lançando no Sesc São Carlos, 2 livros sobre Raul Seixas: RAUL ROCK SEIXAS BREGA (livro que fala exatamente da fase brega e plagiadora de Raul e RAUL SEIXAS: VÔMITO DE METÁFORAS, que contêm o pensamento do maluco beleza, que usava de metáforas para compor sua obra brega e filosófica e tão mal entendida. Já publiquei 5 biografias de Raul, uma de Bob Dylan, duas de Zé Ramalho e tenho composições inéditas em parceria com Raul e com uma compositora baiana chamada Joara Ledoux, além de algumas canções gravadas e desconhecidas. Cara, eu gostaria imensamente de ler seu livro SALVADOR ABAIXO DE ZERO e peço-te que me envie um exemplar autografado do mesmoe me permita divulgá-lo nos jornais de São Carlos nos quais mantenho colunas esporádicas há mais de 20 anos sobre literatura e MPB. Façamos uma troca: você me envia um exemplar deste seu magnífico livro e te mando exemplares dos meus que serão lançados agora em março. Combinados? Sucesso, parabéns pelo iteligentíssimo blog e comentários audazes, mas muito bem escritos e expostos. Aguardo o envio de teu livro. Meu endereço para o envio deste seu livro supimpa: Isaac Soares de Souza - Rua Nações Unidas, 1016 - Jardim Cruzeiro do Sul - São Carlos-SP - Cep. 13.572-082 - e-mail: dylanseixas@rocketmail.com

    ResponderExcluir
  15. Eu sou Tania Menna Barreto. Rí bastante com algumas coisas que eu concordo plenamente. Retificação: O carinha que morreu assassinado no apartamento que Raul e eu moramos - já tínhamos nos separado recentemente, é claro - e o apartamento foi ocupado por Hugo, um argentino que não era segurança de Raul não. Era amigo de Oscar Rasmussen, o qual eu costumo definir como "um buraco negro na vida de Raul". Quanto às rusgas com Claudio Roberto, se deram, provavelkmente, porque, "Por Quem Os Sinos Dob ram" eram, originalmente uma mnúsica chamada "A Loucura de Eva", feita com Claudio Roberto e que eu, pessoalmente gostava muito e canto essa letra, quando tenho a oportunidade de cantá-la.

    Raul foi me levar o disco, Metro Linha 743 no Lamas (Restaurante Lamas, no Flamengo) e depois eu lhe disse que não gostei do disco, que parecia uma despedida. Achei que essa fase de Raul/Oscar/kika, deixaram muito a desejar, mas sou suspeita de falar.

    Em relação à Peixuxa, foi feita pra Scarlett e Raul já estava em outra e nunca na verdade, quis ter filha mulher. O sonho dele era ter filho homem. Não que ele não gostasse das filhas, de jeito algum, mas com 2 anos de idade, já era o suficiente pra Raul dar um jeito de sair da relação.
    Gostei do Artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tania, prazer em tê-la por aqui.
      E grato pelas informações,
      enriqueceram bastante a postagem original.

      Ao contrário do "Metrô Linha", "Mata Virgem" é um disco do caralho.

      Excluir
    2. Das parceiras de Raul,
      Tania foi a melhor - disparado.

      Excluir
    3. Tânia, muito prazeroso poder ler seu texto.
      Eu tinha acabado de gravar o audio da música Planos de Papel (http://www.vagalume.com.br/raul-seixas/planos-de-papel.html) e enviado para minha esposa pelo Whatsapp.
      Raul é demais, o Poeta que não quer deixar a Terra.
      Viva Raul

      Excluir
  16. não concordo com o título, e algumas musicas taxadas como ruim acho ótimas; sério mesmo que achou fraco o verso "você chora quando tem fome, mas vem logo a mamadeira; amanhã se você chora, vai chorar sua vida inteira"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior foi ter deixado "Love is Magick" fora do disco.

      Excluir
    2. Cantiga de Ninar... Dorme enquanto teu pi faz músicas.. Ora... Tem que estar fora dessa lista. Gostei muito do post.

      Excluir
  17. Posso falar? Adoro a cantiga de ninar... rs
    Na verdade, da sua seleção acho que só não gosto da primeira! hahah

    Gostei da ideia do post!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc ficaria linda deitada no tapete da sala só de camisola curtindo LP's do rauzlito em nossa casa do campo.

      Excluir
  18. Canções de embalar têm que ser quase monocórdicas e lçrepetitivas para induzir o sono da criança, mas francamente achei muito pobre essa da mamadeira que vem logo, rrss

    "Por quem os sinos dobram", para mim, será sempre o livro de Hemingway(mais do que o filme )

    Uma boa semana

    ResponderExcluir
  19. Sei que os tempos eram outros, mas colocaria na lista "Baby",
    não da pra tolerar uma musica sobre pedofilia:

    "Baby, hoje ce faz treze anos
    sei que voce quer deitar
    nao da ouvido a razao".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está enganada Paty.
      Versão original aqui:
      http://www.youtube.com/watch?v=3ulD6-R44rU

      Excluir
    2. A versão original não apaga a que foi gravada e popularizada,
      para mim ainda é uma musica sobre um cara que quer comer
      uma menina de treze anos que acabou de menstruar pela primeira vez.

      Excluir
    3. Esse negocio aqui PARECE que é sério, mas coitados dos frustados, impotentes, perdedores, fascistas... eu gastaria todas as palavras de baixo nível com pessoas que não tem criatividade, competência... pra fazer algo de importante pra nossa vida ou sua própria, resumindo, vão fazer melhor do que o Raul e mostre para o mundo como ele mostrou, alias não, ele mesmo fez a "besteira" de dar seu toque pra todos: 'Eu tô fazendo o meu caminho
      E não peço que me sigam
      Cada um faz o que pode
      Os homens passam, as músicas ficam' Valeu Raul Santos Seixas

      Excluir
  20. Muito bom post rsrsrs

    Também sou "Raulseixista doente", mas como já passei da adolescência, também acabei por abandonar o "xiismo", embora Raul seja provavelmente o único artista que me deixa QUASE naquele limiar de "fanzoca babaca" (desculpem a redundância, eu sei que todo fanzoca já é babaca por natureza...). Mas vou resistindo...

    Pessoalmente, trocaria "Você roubou meu videocassete" e "Câimbra no pé" por "Peixuxa". Essa é provavelmente a música de Raul que meno ouvi. É a campeã de "hummmm vou pular de novo" rsrs

    No mais, acho que não faria escolhas diferentes.

    Confesso que fiquei "apreensivo" quando li o título do post e pensei "porra, vou ter que explicar, de novo, como é que eu gosto de "Tu És o MDC da Minha Vida". Não entrou, ainda bem. rsrsrs

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que nada, acho massa Pink Floyd com bode.

      Excluir
    2. EU amo as músicas de RAUL
      Amo RAUL
      Meu lindo
      Meu tudo

      Excluir
  21. Sem dúvida, Raul Seixas era um dos grandes da nossa música. Não sei se você ficou sabendo, mas foi lançado recentemente um documentário, dirigido pelo Walter Carvalho, sobre a obra dele.

    ResponderExcluir
  22. "Baby" não é uma música sobre pedofilía. Fopi uma história que contei pra ele de quando estudava em colégio interno de freiras. Na verdade eu tinha 10 anos. Ele colocou 13 porque, musicalmente, soava melhor. Ele fez isso pra mim. A música original se chama "Tania" e voce pode encontrar no youtube, uma gravação caseira. Não tem nada de pedofilia. Raul era compositor, era um artistas extremamente criativo e fez uma declaração de amor pra mim com essa música. Tania Menna Barreto (Baby - Tania)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que "Angela" e "Tania" no mesmo disco era demais, até para Raul.
      Versão original aqui:
      http://www.youtube.com/watch?v=3ulD6-R44rU

      Excluir
  23. Conheço que não conheço a sua obra. Vou ver alguns vídeos.
    Um abraço
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  24. Cara, A CANÇÃO DO VENTO
    é pior que todas essas aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei que ninguém ia lembrar dessa! É a pior, disparado.
      Mas a postagem ficou muito bacana.
      Ah, e pros fã(nático)s que idolatram Raul cegamente, cara, mesmo não tendo o conhecido, tenho certeza que não era isso que ele queria deixar... Ele era genial, sim, mas era humano e portanto não era perfeito (...saber que é humano, ridículo, limitado...), e sempre que penso nas músicas dele imagino que estimular nas pessoas o senso crítico e o senso de humor era provavelmente o que ele gostaria que ficasse como legado da sua obra.

      Excluir
  25. Um post muito bom....para quem
    gosta dele como eu td bem, mas quem não gosta é
    um prato cheio,......Mas não são todas as musicas
    que gosto, algumas são chatas demais
    Enfim Raul deixar marcas, boas ou ruins
    gostei de ler
    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  26. Querido Herculano Neto, bela e louca homenagem ao Raul...gosto da brincadeira, mas não sei como brincar, pois eu gosto da obra que conheço do Raul, as que todo mundo conhece e gosta...mas ganhei um dia desses um, não sei dizer, mas é algo que possui toda (acredito) obra deste incrível artista. E tenho descoberto pérolas, e acho que até possui músicas não boas, mas como tou tão encantado com este presente vou demorar para detonar algo. Mas o teu texto é demais Herculano, em certos momentos dei umas risadinhas, tipo a implicãncia com a tal da Kika, na verdade muito engraçado. Maravilha de post e maravilha de comentários, alguns eu não resisti e tive de ler, quase todos, todos.
    ps. Meu carinho meu respeito meu abraço.

    ResponderExcluir
  27. Como fã de Raulzito.......posso dizer que, em minha visão, todo o disco do Metro Linha 743 é o que menos me agrada.

    Gostei de sua abordagem.....nem os ídolos são perfeitos. Mostrar suas falhas os humaniza.

    abs

    ResponderExcluir
  28. Raul Seixa sem Paulo Coelho não seria nada, Paulo mostrou para ele que só ser engraçadinho não levaria a anda, todo mundo que gosta do Raul tem na fase dele com o Paulo suas canções preferidas, por isso eu grito: Viva Raul, quer dizer, viva Paulo Coelho!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mostrou pra ele que ser só engraçadinho não bastava e uma droga só também não bastava, né?
      Raul seria Raul mesmo sem Paulo Coelho.

      Excluir
    2. Errou feio, rapaz.
      Raul seria Raul independentemente de seus 21 "parceiros musicais".

      Sylvio Passos

      Excluir
    3. Como bem disse Paulo Coelho em O Inicio, o Fim e o Meio,
      "o maior parceiro de Raul foi ele mesmo".

      Excluir
    4. Discordo muito, Ediney.

      Não que tenha qualquer importância, mas discordo rsrsrs

      Acho que embora o inverso também não seja verdadeiro (que Paulo não seria Paulo sem Raul), está mais próximo da verdade...

      Excluir
    5. ALCapone, Super Herois, Verdade sobre nostalgia e Numeros são parcerias "engraçadinhas" com Paulo Coelho.

      Minhas muiscas preferidas do Raul Seixas são Sapato 36, Mata Virgem, A Beira do pantanal, Coisas do Coraçao e Areia da Ampulheta, ou seja, nenhuma com Paulo.

      Excluir
    6. Minhas canções favoritas de Raul são o dia que aterra parou Angela geração da luz você ainda pode sonhar um minuto mais!cachorro urubu diamante de mendigos e vera Verinha nunca consegui gostar!!

      Excluir
  29. Grande Raul, personalidade que faz falta em tempos tão medíocres!
    Grande abraço, sucesso e grato pela visita!

    ResponderExcluir
  30. Prezado Herculano,
    Agradecemos a visita que vc fez ao nosso blog, www.estacaoraul.blogspot.com
    e parabéns pelo teu trabalho. Não estamos entre os fãs incondicionais e não há, mesmo nos maiores poetas, quem não faça 'merda' vez ou outra. Agora, veja como são as coisas, realmente é muito ruim '"você chora quando tem fome, mas vem logo a mamadeira; mas, assim vira outra coisa:"você chora quando tem fome, mas vem logo a mamadeira; amanhã se você chora, vai chorar sua vida inteira"?
    Senti falta de 'diamante de mendigo' na tua lista. No mais parabéns!!

    ResponderExcluir
  31. Li com atenção o teu texto. Gosto muito de algumas músicas de Raul Seixas e algumas estão no Começar de Novo. Vivi muitos anos no Brasil, mas há vinte me mudei para cá definitivamente. Não conheço por isso a obra de Raul Seixas. É claro que tdsos os grandes artistas, inclusive os famosos Beatles têm coisas boas e menos boas, por isso não importa nem é relevante. Alem do mais, algumas músicas que parecem simples e banais, têm na sua letra alguma profundidade escondida nas palavras. Depende de quem lê essa letra e da maneira que a vai interpretar. Um vez o meu filho que é brasileiro e tem 36 anos disse-me: " mãe um dia coloca no teu blog a música maluco beleza do Raul Seixas , pois tem uma mensagem interessante; pelo titulo não parece ter, mas o meu filho acha que tem. Um dia vou ouvi-la com atenção e verei. Um beijinho e fica bem; até breve!
    Emília

    ResponderExcluir
  32. Merdas acontecem...mas Raul será sempre especial. E até mesmo "as piores do Raul", são obras primas se comparadas ao lixo musical dos nossos dias.

    Abraço Herculano!

    ResponderExcluir
  33. Perspectiva inusitada e original da obra do Raul. É sempre bom ser surpreendida por alguém que foge do lugar comum...

    ResponderExcluir
  34. E eu que até acrescentaria mais algumas... Fica para a próxima. Não pretendo ser apedrejada.
    Adorei o post.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  35. De completo acordo! Por quem os sinos dobram é o mais infeliz dos seus álbuns, penso.

    ResponderExcluir
  36. Finalmente alguém argumentando contra.
    Temos a má cultura de idolatrar.
    E realmente essas musicas, pelo amor ... rs

    ResponderExcluir
  37. Nem todo artista acerta em cheio, né?!
    Tsc, tsc.

    ResponderExcluir
  38. Até ouço mas nunca vi graça nas músicas dele :/

    Bom fds
    =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Faze o que tu queres/Há de ser tudo da lei". É um direito seu não gostar...

      Excluir
  39. Mesmo com seus defeitos (quem não os têm?)Raul Seixas dá de 10 x 0 em matéria de texto e letra. Viva Raul !!! http://www.alexandreseixasraul.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Eu acho o Raul intrigante!
    acho ele autentico! Tem horas que gosto, horas que desgosto.
    Acho Gita sensacional! Ate nas musicas que menos gosto vejo uma rebeldia que me encanta!
    adorei o post!
    bjo
    http://opinandoemtudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. até os gênios derrapam. rsrs

    Beijos! saudades!


    Lu

    ResponderExcluir
  42. irei dizer qual e o problema, vc nao entende a musica de raul pq nao contem nem um pouco sequer de intelecto musical/cultural, vc provavelmente nao estudou sobre as musicas antes de comentar sobre elas, sendo assim e vitma de modinhas, seu comentario sobre cada musica e superficial e infantil, irei dizer uma coisa pra vc, o fato nao e a musica ser chata, e ver oque ela tem a ser passar e ensinar pra vc mas nada adianta se vc subestimar versos tao bem escritos e formulados. tambem vi que vc fez um artigo sobre os piores versos de renato russo saiba que como raul ele ja passou uma mensagem melhor que vc inutil vitma ou criador de modinhas que estao ridicularizando nossa cultura brasileira. palavras como brega, ridiculo, chato so mostra seu comportamento infantil baseado no assunto. receio que vc deva estudar as letras de raul ou ent renato e melhore suas ideias e faça um no post. me desculpe mas nao gostei do blog. obrigado pela atneção.

    ResponderExcluir
  43. Ide a mim Dada (!?)
    Ide A Mim Dada (Composição: Raul Seixas)

    “Ide a mim, Dada
    Vinde a mim, neném
    Bate uma, xará

    Que eu quero outra também
    Ide a mim, Dada
    Vinde a mim, neném
    Bate uma, xará

    Que eu quero outra também
    É que eu tô trazendo
    A novidade total
    Foi feito pra nós

    Para o povo em geral
    Quem dança comigo a dança do Ide a mim
    Vai se viciar, não vai querer mais sair
    Ide a mim, Dada
    Vinde a mim, neném
    Bate uma, xará

    [...]

    Que eu quero outra também
    Nem de vitória,
    Nem de derrota eu falei
    Tudo o que eu quero é ouvir o povo a cantar
    Pra consciência é que eu não posso mentir
    Pois meu travesseiro não me deixa dormir

    I must go my way
    I must go my way
    I must go my way

    [...]”

    Música besta, né? Dança do Ide a Mim? Parece com aquelas porcarias do começo do funk carioca, tipo Dança da Motinha ou bonde do tigrão... Mas Raulzito não faria algo tão pobre assim, não mesmo. “Dança do Ide a Mim, não vai querer mais sair...”. Quem não iria querer sair da dança? Vejamos, a música foi feita no ano de 1979, ditadura militar e governo de João Figueiredo reinavam no Brasil, abaixo alguns fatos interessantes deste ano:

    · Estados Unidos e a República Popular da China estabelecem relações diplomáticas
    · Nevou pela única vez no Deserto do Saara
    · O general João Baptista Figueiredo substitui o general Ernesto Geisel no posto de presidente do Brasil
    · O Ditador de Uganda é deposto por tropas da Tanzânia

    Analisando-os:

    1. Que bom pra eles...
    2. Pô, que legal! Os flocos de neve duraram 25 segundos.
    3. Presidência do Brasil whatever. Era militar e o governante era só um fantoche.
    4. O maior non-sense de todos. O que é que eu tenho a ver com o ditador de Uganda e o que tudo isso tem a ver com a música do Raul?

    Depois de tanta enrolação veremos se algo fará sentido, mas antes um trecho da Wikipedia (e você deve estar pensando: o que eu estou fazendo aqui?):
    “Idi Amin Dada Oumee foi um militar e ditador de Uganda de 1971 a 1979. Ficou conhecido por debochar de vários líderes internacionais: afirmava dar conselhos ao presidente americano Richard Nixon, criou o "Fundo Ugandense para a Salvação da Inglaterra" e cogitou a transferência da sede da ONU de Nova York para a capital de Uganda. Depois de assumir o poder, tornou-se um ditador que violava os direitos humanos fundamentais durante um reinado de horror, segundo a Comissão Internacional de Juristas. Foi um dos déspotas mais sanguinários da África tendo tomado o poder num golpe militar, derrubando o presidente Milton Obote.”
    Finalmente uma resposta, o leitor mais astuto já deve ter entendido, mas o pequeno padawan que não compreendeu não deve se preocupar, eu explico:
    Ide a Mim Dada, Idi Amin Dada. Parecido? Talvez possa ser só uma coincidência.
    A música do Raul foi gravada em 79 e o ditador foi deposto em 79, outra coincidência?
    Neste ano, o governo militar do Brasil foi trocado, a censura ainda vigorava e os artistas, é claro, não gostavam nada disso mas não podiam falar nada senão eram ‘suicidados’ até a morte em pouco tempo. Então como posso falar algo e não ser pego?
    Fazendo uma canção que os macacos da censura não interceptariam, mas que ao mesmo tempo falasse a alguém bem informado, e foi isso o que Raul fez. Relendo a letra da faixa um do cd ‘Por Quem os Sinos Dobram’ vemos muitas mensagens como esta:

    “Quem dança comigo a dança do Ide a mim
    Vai se viciar, não vai querer mais sair”

    O Idi Amin dançou na África, então depois que o povo dançar a dança do ide a mim e derrubar o poder não vai querer mais sair da liberdade de expressão.
    O povo tem que fazer isso, tem que sair a cantar:

    “Nem de vitória,
    Nem de derrota eu falei
    Tudo o que eu quero é ouvir o povo a cantar
    Pra consciência é que eu não posso mentir
    Pois meu travesseiro não me deixa dormir”

    Mais uma prova da genialidade dele, pra calar a boca de muito crítico e cantorzinho medíocre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ide a Mim é uma bobagem escrita por Oscar Rasmusen e nao Raul. So nao é pior q Da lhe que da, q é plagio dos Kinks.

      Excluir
    2. Genial sua interpretaçao. Realmente muitos cantores nesse periodo utilizavam de metaforas para compor suas cançoes e expor coisas que aconteciam na sociedade, mas compreender metaforas nao e pra qualquer um.talvez seja por isso que muitos nao entendem algumas letras nao so de raul,mas muitos cantores da mpb.parabens!

      Excluir
    3. Genial sua interpretaçao. Realmente muitos cantores nesse periodo utilizavam de metaforas para compor suas cançoes e expor coisas que aconteciam na sociedade, mas compreender metaforas nao e pra qualquer um.talvez seja por isso que muitos nao entendem algumas letras nao so de raul,mas muitos cantores da mpb.parabens!

      Excluir
    4. Caraca, sensacional esse Raul! Agora entendi, ontem assisti o filme "O último rei da Escócia" que conta um pouco da vida do ditador Idi Amin Dada de Uganda na África. O Raul fez a música em 1979, ano onde no Brasil trocava-se ditador por ditador (Ernesto Geisel por João Figueiredo), e em Uganda o ditador Idi Amin Dada foi deposto. Ele (Raul) fez essa música querendo passar a mensagem de que o Brasil precisava sair da ditadura, seguir seu caminho (i must go my way), ficar livre. A dança do Ide a mim significa a "dança" do Idi Amin Dada, ele "dançou" (caiu fora). Raul fez a metáfora para driblar a censura. Genial!

      Excluir
  44. Realmente não tem como compor só obras-primas, ainda mais tendo composto centenas de músicas.
    Raul Seixas é o cara!

    ResponderExcluir
  45. Pra mim a pior de todas,,, "Diamante de mendigo"... Sempre pulei essa musica, até quando escutava em vinil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Permita discordar, amigo. Ouça a musica Diamante de Mendigo isento de pré gostar ou não... é o que penso desta musica.Uma das fases do metamorfose ambulante

      Excluir
  46. Raul forevis porra!!!

    ResponderExcluir
  47. qual artista de hoje que faz musicas como vc roubou meu video cassete ou segrdo do universo

    ResponderExcluir
  48. Não acho as musicas citadas ruins, ruim é o que se faz hoje. Canção do melancio, vim dizer que ainda te amo etc.. É época da CBS, musicas feitas para vender. Mais minha opinião de uma musica que foge um pouco de Raul Seixas é Um som para laio.

    ResponderExcluir
  49. As piores musicas de raul hummmm deviam fala a pior musica DE raul que essa do melancio kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  50. Concordo em partes com essa lista, realmente Cantiga de ninar e Melâncio são ruins, vendo que essa Melancio tem outra versão com o nome Peixuxa que é mais legalzinha. Mas Segredo do Universo é maneira sem contar na msg da musica, mas vlw pelo post, abrs

    ResponderExcluir
  51. Essa do Melancio não pode entrar na lista pq é só uma paródia feia com a música Peixuxa... a letra não tem nada aver.

    ResponderExcluir
  52. olha ,estas cinco musicas são otima ,olha dentro do mang e na consciencia exta o segredo do universo.....gostei de todas,obrigado raul seixas.....

    ResponderExcluir
  53. Milenar essa postagem... eu já li mais de 5 vezes desde 2013! E não tem como um raulseixista não se sensibilizar ouvindo a opinião da Tania. Beijo pra ela.

    ResponderExcluir
  54. Eu colocaria nesta lista a música Gente...

    ResponderExcluir
  55. Raul Seixas é um lixo. O difícil é achar uma música boa do sujeito. Talvez, "Tente Outra Vez" seja a única música boa do medíocre Raul Seixas.

    ResponderExcluir
  56. lendo as postagens realmente percebo que pra comentar algo sobre a musicalidade de Raul tem que ter o minimo de QI. Senão nunca entenderão.
    Tania e Sylvio Passos comentando muito top

    ResponderExcluir
  57. Vera Verinha cachorro urubu diamante de mendigos. um som para Laio sempre achei chatas! agora gita Ângela agua viva caroço de manga maluco beleza ( só citando 5. canções são obras primas)!

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails