quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

PODERIAM SER CRÔNICAS, MAS SÃO APENAS NOTAS

(*) Tenho várias restrições quanto às redes sociais, mas não posso permanecer indiferente, nem deixar de considerar admirável, o número de casais que vejo se formando, principalmente através dos blogues. Almas absolutamente parecidas, separadas por inúteis fronteiras, se encontrando nessas intersecções do acaso.

(*) Há quem diga que é do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça, não sou tão velho assim, mas com toda essa febre em torno das tecnologias móveis, descobri que sou do tempo em que se ficava em casa porque estava esperando uma ligação.

(*) Gosto do ambiente da cozinha, me traz uma lembrança familiar que nunca abandonei. Mais do que cozinhar, gosto de inventar. De misturar, de encontrar sabores, de nomear pratos com títulos poéticos. Questionado sobre o que não pode faltar na minha cozinha, respondi: Heineken.

(*) Não costumo me manifestar quando o assunto é carnaval. Não entendo, não sei como funciona, não participo. Carnaval, para mim, é sinônimo de silêncio, de cidade vazia. Melhor escola de samba, bateria nota dez, melhor bloco, melhor cantora, melhor música, revelação... Acho que não faz sentido transformar uma festa popular em competição.

(*) Após oito anos, e inúmeras versões, enfim o meu livro de contos está pronto, do jeito que sempre imaginei. Agora é lutar para encontrar uma forma decente de publicação.

27 comentários:

  1. Gostaria de ter acesso ao livro!

    ResponderExcluir
  2. Eu conheci minha atual namorada no Facebook. Mas independente disso, eu não consigo ficar longe das redes sociais; me identifico com muita gente que nunca vi em minha vida e parece que essas pessoas estão tão próximas...

    Eu curto.

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Todos diferentes...todos iguais!
    No fundo procuramos o mesmo, cada um à sua maneira.
    Também eu não entendo o Carnaval, embora respeite, como faço com tudo, não participo. Os meus olhos acabam por ver um mar de gente na rua, dançando sem mascaras.
    Sucesso para o seu livro de contos.
    Abraços
    Sónia

    ResponderExcluir
  4. Caro Herculano,
    se há mini-contos,
    por que não mini-crônicas?
    Seus textos são mais que
    meras notas.

    ResponderExcluir
  5. Alguns estudiosos falam que a cozinha
    é o lugar mais receptívo da casa.
    Eu gosto de ficar na mesa da cozinho de longos papos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. As redes sociais são o reflexo do que muitos procuram, de bom e de mau. Uso-as, mas há coisas que ficam para além da minha compreensão. A identificação advém de muito daquilo que quem usa estas plataformas-comuns de informação pessoal querem que seja visto pelos outros.

    Quanto ao Carnaval... não ligo. Nunca liguei.
    Quanto ao seu livro... depois poste mais informações sobre ele :)

    Bjis sem-fronteiras.
    :)

    ResponderExcluir
  7. Gostei das notas, me indentifiquei com quase todas.
    Bem lembrado, também sou do tempo de ficar em casa esperando a ligação, chega a ser engraçado,rs

    ResponderExcluir
  8. Gosto das notas e principalmente da final. Aguardo a publicação.
    Um grande bj querido amigo

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde..."Sou do tempo que, se escrevia cartas de amor, passava o perfume favorito e selava com um beijinho de batom!"
    Adoraria ler teus contos, ficarei aguardando o lançamento! Abraços

    ResponderExcluir
  10. Estou passando mais cedo para desejar um feliz final de semana.
    Meu fim de semana se Deus quiser será muito feliz e com certeza Deus quer.
    Na sexta se casa meu neto logo serei bisa que benção não é mesmo?
    Com alegria vendo minha terceira geração.
    Um lindo e abençoado final de semana.
    Fique com Deus e os carinhos meus.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  11. Também não um admirador do carnaval, que para mim, tornou-se sinônimo de bagunça. Os poemas que escrevo sobre o tema são sempre saudosistas, refletindo o sentido de um carnaval onde o samba e as marchinhas eram mais importantes do que a escolha da famosa que sai a frente da bateria.

    Infelizmente eu tenho Facebook e estou lutando contra o vício que me atordoa.

    Estou na torcida dos que esperam pela publicação do teu livro, caro Herculano Neto.

    ResponderExcluir
  12. O Carnaval é mais ou menos assim:
    A porta do inferno se abre, e aí salve-se quem puder! rs...
    É realmente admirável o número de casais que se formam nas redes sociais, e a velocidade então?? Funciona assim: Fulano está em um relacionamento sério com Fulana. No dia seguinte você volta lá e Fulano já está solteiro! kkkk
    Apenas notas? Ora essa...rs
    O livro deve ser muito bom e vai ser um sucesso.

    Herculano, quantos anos você tem? Falta de educação, né? rs...

    Boa noite.

    ResponderExcluir
  13. Facebook, Linkedln, Sonico, Quepasa... Nossa, se eu for aceitar todos os convites que me enviam...
    Facebook e Twitter todo mundo tem porque todo mundo tem.
    Também sou do tempo do telefone. Nada como ouvir a voz. Me impressiona ver as pessoas mantendo longas conversas por SMS
    A propósito... Não gosto da cozinha, rs...

    ResponderExcluir
  14. Ah, aguardo o lançamento do livro!

    ResponderExcluir
  15. HERCULANO!

    Adorei esse cachorro. Só depois fui perceber que estava literalmente amarrado com linguiça. Que tenhas sucesso com o livro e estarei de olho para ter um exemplar.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  16. Caro amigo, à distância conheci várias pessoas "legais" via net, fiz um parceiro(Ruela-ilustrações do meu livro Vaga Lumes), tudo "está debaixo do sol". Rapidamente vou querer ler o seu novo livro, coisas boas à vista. Abraço

    ResponderExcluir
  17. Nos avise, quero saber da divulgação hehehe

    ResponderExcluir
  18. Acho que concordo demais contigo...
    Ehehehehehe...

    ResponderExcluir
  19. Bom dia. Penso que o carnaval é uma festa popular onde existe muito talento, pesquisa e que aprende-se muito valorizando as cidades e trazendo alegria.
    Por outro lado, tem a questão das energias pesadas, a violência exacerbada, o aumento de gravidez indesejada, bem como o sexo inseguro trazendo doenças.
    Aos olhos é um belíssimo espetáculo, mas eu prefiro me recolher.
    Quanto às redes sociais, penso que é muito bom conversar com pessoas que realmente sejam sinceras e estejam predispostas a fazer amizade real, pois não creio que vivemos num mundo virtual somente pelo fato de não tocarmos nas pessoas.
    Eu sou muito sincera, e é assim que comento, converso, analiso, ajudo e troco, e o mesmo gostaria que fizessem comigo.
    Um beijo na alma, fique com Deus, e boa sorte!

    ResponderExcluir
  20. Quando eu era criança celular era aquele tijolo preto, e eu falava com meus amigos da escola pelo telefone todas as tardes, e mandava trotes para donas-de-casa, rs.


    http://bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Eita! Que essa obra quero ver de perto! =)

    ResponderExcluir
  22. Parabéns, Herculano. Vou querer adquirir um exemplar.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  23. Boaa Sorte com a publicação

    E concerteza vou querer o meu exemplar!!

    Abraçooo

    http://www.luismacedo.com/textos/textos.php

    ResponderExcluir
  24. Crônicas prontas para serem publicadas tb ... pura sabedoria de um SER q VIVE plena e abundantemente!

    bjão

    ResponderExcluir
  25. Facebook e Twitter vão sair de moda e me parece que não terão um perfil meu...

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails