sábado, 2 de novembro de 2013

EN PASSANT

Grace Kelly
é tarde
e todos os clichês estão no lugar

    chuva
    frio
    saudade
    uísque
    solidão

é tarde
e todos os clichês riem de mim
                              na minha janela

11 comentários:

  1. Gosto também muito de você na poesia. Deixa sua marca, como em tudo. O tema são os clichês, mas o poema impõe a originalidade do poeta. E não podia ser diferente, né? :-)

    Beijos,

    ResponderExcluir
  2. É noite e todos se encantam com esses clichês.
    Um poema maravilhoso, Herculano.

    Um grande abraço,

    ResponderExcluir
  3. Olhando essa foto da Grace, lendo esse poema e vendo um tamanduá passar aqui no quintal,só abrindo uma garrafa de vinho ,é muita solidão para uma tamanduá só

    ResponderExcluir
  4. Devemos ser vizinhos...estão rindo de mim também. Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. que riem ... continuas com sua sensibilidade aflorada e bela ...

    ResponderExcluir
  6. os velhos clichês que assolam a mente dos que, como eu, deles vivem sem temê-los. velhos e doces clichês. clichês!

    ResponderExcluir
  7. Para Grace Kelly não houve clichê. Casou-se com um príncipe e não encontrou o seu final feliz. Que sua beleza estonteante descanse em paz!

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Os clichês sempre estão em seu devido lugar, senão, não seriam clichês...

    Não haveria o inusitado, se não houvessem os clichês...

    Senão ou se não? fds

    ResponderExcluir
  9. Sempre vi felicidade na chuva e no frio..

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails