sexta-feira, 19 de março de 2010

INÉDITO & DISPERSO

inédito & disperso
Herculano Neto
-
publicado deixei de ser inédito
mas esse espírito disperso
esse
é impublicável

27 comentários:

  1. O espírito
    é a fonte
    de onde jorram
    nossas palavras.

    Inesgotável,
    "impublicável"...

    ResponderExcluir
  2. A magia de tudo isso é passar adiante, mostrar ao mundo o que muitos não conseguem transparecer: a poesia! E esse gostinho é apenas de quem pode fazer isso!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. impublicável...e não se agarra nunca! e ainda bem que assim é

    um beijo
    teresa

    ResponderExcluir
  4. Mesmo que eu faça algum comentário aqui tenho certeza de que não saberei o que relamente significa o que postou.

    abs

    ResponderExcluir
  5. Por trás da palavra, há sempre algo impublicável - o mistério da fonte.

    saudações,
    mR.

    ResponderExcluir
  6. Muito bem sacado, criativo!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  7. Neto,
    Gosto imenso de seus versos curtos imensos. A síntese é o sentido maior da poesia, e nesse sentido "Os Lusíadas" são um canto curto de dez mil versos imensos, traduzindo a alma de seu povo, que é a tarefa maior dos poetas (Brecht, Lorca, Neruda, Whitman, Borges, Drummond, Paz, Shakespeare, Rimbaud, Gibran) de cada raça, que em certo tempo foram impublicáveis também.

    Abraço valadarense,
    Pedro Ramúcio.

    ResponderExcluir
  8. E sempre terás algo interessante e incomum a dizer e publicar.
    abraços

    ResponderExcluir
  9. OS POETAS DA PURIFICAÇÃO
    Para Herculano Neto (poeta e irmão)

    Vou com sete rimas
    Sete luas na escuridão
    O cavalo de São Jorge
    brilhando sempre na Purificação
    Vou cantar um poeta publicado
    Tantos outros sem publicação
    Santo Amaro é o celeiro
    onde há poetas ternos
    plenos em meu coração
    Muitos eu não conheço
    Outros tem poesia
    Que daria para uma Anthologia
    Sem apadrinhamento, sem suspeição
    Herculano Neto
    mesmo publicado
    é um poeta retado
    sem fazer alardes
    sem entrar no jogo de medalhão
    Sete luas vaguei
    Sete portas bati
    Sete rios passei
    E Herculano continua sempre
    com a minha admiração.

    ResponderExcluir
  10. (Salvador, 20 de março 2010
    Miguel Carneiro in Inédito).

    Belo presente recebi de um grande amigo/poeta.

    ResponderExcluir
  11. o que não se publica é que mais intriga.

    ResponderExcluir
  12. Interessante sua postagem.
    Publiques,eu estaria aqui para comentar com muito prazer.
    beijokas.

    ResponderExcluir
  13. É isso mesmo...gostei da sacada. beijo.

    PS; O seu blog tem muita coisa boa. Conferi as últimas postagens.

    ResponderExcluir
  14. Herculano amigo,sendo só seu não precisa de chaves, guarda este segredo então irmão, abraço.

    ResponderExcluir
  15. Bacana.E seguindo muitos poemas serão escritos.

    ResponderExcluir
  16. Ola
    Boa tarde!
    Gostei do blog!
    Abcs
    Alexandre Taleb
    Consultor de Imagem/Personal Stylist
    Blog: http://ataleb.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  17. Nem tem como prender um espírito que está por aí...

    ResponderExcluir
  18. Nao gosto de deixar de ser novidade. O mundo já é tão monótono e por vezes desinteressante. Show seu blog.

    ResponderExcluir
  19. Delicadeza de poema, bom mesmo!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. às vezes o impublicável cansa de ser inédito por cansaço, e o publicado fica cada vez mais disperso, ás vezes tudo é só um jogo com palavras que querem sorrir. abraço

    ResponderExcluir
  21. Belo poema!

    http://artmusicblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Você é uma dessas pessoas tão raras que não precisam ser publicadas; você 'contamina' logo de cara. Inteligência é algo exterminador.

    Te admiro muito! Não necessito seu ineditismo, necessito suas ideias, ainda que repetidas, incansavelmente repetidas e sentidas...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Inédito e disperso,
    DISPERSOU-ME.

    Muito bom

    bjs

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails