quinta-feira, 19 de março de 2009

THE DARK SIDE OF DENDÊ

Tenho o hábito de começar a leitura dos jornais a partir dos segundos cadernos, mesmo que as notícias culturais não mereçam ultimamente tanto privilégio, assim como leio as revistas semanais sempre do final para o início, quase como um mangá. Uma nota chamou minha atenção recentemente, antes até de ler a tira do Dilbert: TRIBUTO AO PINK FLOYD EM SALVADOR. Não nego meu entusiasmo ainda no título, afinal o Pink Floyd, ao lado do Led Zeppelin e do Black Sabbath, formava a santíssima trindade da minha inquietude, seres acima do bem e do mal, que encerravam discussões. Porém, ao continuar a leitura meu entusiasmo se transformou em estupefação, que passou para incredulidade e culminou numa gargalhada de incomodar vizinhança quando descobri que o show seria com os vocalistas das bandas Eva, Asa de Águia, mais o repaginado Luiz Caldas. Não era primeiro de abril, homônimos nem brincadeira de programa de tv. Era show com hora e data marcadas, ingresso pago e divulgação. Ainda com o jornal nas mãos liguei para uma amiga e contei a novidade em tom de galhofa, apenas pra animar o domingo. Ela me repreendeu dizendo que eu estava sendo muito cruel, que eles poderiam ter o mesmo passado rocker que eu tive e que antes de conceber minha sentença definitiva deveria dar um pouco de crédito aos músicos baianos, o que me fez, glup, abaixar a cabeça e escantear o preconceito. Mas ao imaginar Durval Lelys, com a aba do boné virada para trás no melhor estilo Sérgio Mallandro, tentando cantar um clássico do calibre de “Wish You Were Here” com direito a “quero ver as mãozinhas galera” um riso sórdido inevitavelmente encontra um canto de boca.

8 comentários:

  1. Realmente, Herculano.
    Só pode ser piada esse tal tributo.
    Um monte de figurinhas obscuras dando uma de "roqueiro", termo que gostam de usar...
    Só falta agora Sarajane, Marinês e Cátia Guimma prestarem tributo a Nina Simone...
    Como se não bastasse.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Tenham respeito pelos que ja se foram desta maravilhosa banda, e tomem vergonha na cara.

    ResponderExcluir
  3. Você sería capaz de imaginar um trio elétrico saindo do circuito Barra/Ondina com os caras do Slipknot, e no vocal o Marilin Mason ? ( NAUM?) sabe aquela musiquinha...ADO Á A ADO K DA UM NO SEU...

    ResponderExcluir
  4. Voce sería capaz de imaginar um trio elétrico saindo do circuito Barra/Ondina com os caras do Slipknot,e no vocal Marilin Mason (NAUN?)sabe aquela musiquinha... ADO Á A ADO K DA UM NO SEU....

    ResponderExcluir
  5. Quem tiver o mínimo necessário de respeito a Obra do Floyd não pisa os pés nesse show.

    ResponderExcluir
  6. Na verdade os ofendidos deveriam ser os "axezeiros",não acha Babolina?Porra,as Dalilas e Sansões (desavisados) que forem para este show não irão conhecer nem mesmo uma estrofe e seus pediddos de música serão totalmente ignorados(será possível um arranjo progressivo para a Dança da Manivela?).Tomara que role uma cópia pirata deste show,pois é isso que ele é!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Eles não navegam, são só um bando de cegos com os pés na lama atolados nas nostalgias de verão. Esse show nada representará, além de uma reedição de um passado fracassado, onde pseudo-rockers desfilarão sua inercia.
    Simão

    ResponderExcluir
  8. Não sei se dou risada ou choro.
    Bjs,
    Renata

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails