terça-feira, 11 de agosto de 2009

NÃO TENHO TWITTER!

Resumir trivialidades em no máximo 140 caracteres, infestadas de abreviações e abreviaturas ininteligíveis, talvez seja o modismo mais desnecessário que a Internet produziu até agora (e olhe que a concorrência não é pequena). Isso não é síntese, concisão. É ruído. José Saramago declarou recentemente que o Twitter é mais uma evidência que o ser humano caminha para o grunhido, assim como o escritor português, que certamente não troca você por vc nem pronuncia , não tenho Twitter nem participo de qualquer tipo de rede de relacionamento virtual. Quem quiser saber como estou pode telefonar quando quiser ou bater à minha porta. Também aceito cartas.

15 comentários:

  1. Concordo plenamente!
    Também não tenho twitter e me nego a fazê-lo...

    Agora, outros meios virtuais pode ser interessante... ;)

    Estava lendo outros post teu, MUITO interessante.Não sabia que a banda Beirut tinha vindo ao Brasil, gosto do som deles...

    Apareça, sempre!

    B.E.I.J.O.S

    ResponderExcluir
  2. É, o twitter é complicado rsrs, ainda não percebi sua real funcionalidade. Criei um, mas nada foi possivel nele e acabei excluindo. Quando escrevo, não gosto de limites. Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  3. Porque às vezes ter uma opinião diferente da maioria choca tanto?
    Nada melhor que ficar juntinho de quem se gosta!

    ResponderExcluir
  4. acho o twitter uma falta do que fazer enorme, não tem o menor sentido.
    não sei porque as pessoas se sentem tão obrigadas as essas coisas...

    ResponderExcluir
  5. essas notações sobre o aspecto plástico da palavra é infinitamente significante para a perenidade da substanciação linguistica do pensamento humano organizado enquanto expressão de todo um sentir latente.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Herculano! Eu resiti ao twitter por um bom tempo, mas acabei aderindo. Já me questionei várias vezes sobre os motivos que me levam a escrever nele e há momentos em que penso que estou escrevendo no vazio, mas cheguei a conclusão de que o twitter é uma espécie de miniblog que funciona como um depósito de pensamentos. Se sua funcionalidade é essa, não faço a menor ideia, mas como faço pesquisas sobre a escrita no mundo virtual, acho válido participar tb.

    Ah, José Saramago é um dos escritores que mais admiro. Bj!

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho, mas não me adaptei. Não combina nada comigo. Como é que pode tanta gente gostar disto? :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Caro Herculano, leio sempre tua boa poesia, na bienal tentei a possibilidade de adquirir teu livro Cinema, mais tiver que voltar para minha cidade antes do esperado.Mais acompanho teu blog sempre.E gosto de teus poemas sim.Saudações poéticas a você também!!!Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Ultimamente poucos amigos batem à porta, na máximo telefonam. A correria do dia a dia tornou os relacionamento fast food, o twiter é mais uma prova disso. Já acho o blog exposição o suficiente.

    ResponderExcluir
  10. Caro amigo, bateu certo, concordo plenamente e fico muito irritado com os tais:tb, vc,etc, etc, forte abraço.

    ResponderExcluir
  11. adorei isso! concordo com tudo.

    voltar aos grunidos... de dentro da caverna de Platão...

    ResponderExcluir
  12. Saudações poéticas meu rapaz, gostei muito do seu blog, mas com relação a essa postagem tenho resalvas:

    1 - "talvez seja o modismo mais desnecessário que a Internet produziu até agora"
    Qua é a necessidade da moda? Ainda mais quando agregada a uma ferramenta de comunicação rápida e superficial(como o blog por exemplo...)

    2 - "José Saramago declarou recentemente que o Twitter é mais uma evidência que o ser humano caminha para o grunhido". Talvez, mas toda lingua passa por caminho evolutivo(apenas evolutivo, sem julgamento de valores. Afinal já pensou se todos ainda falássemos "Vossa Mercê" no lugar de Você e "Já vou-me em boa hora" no lugar do tradicional "vumbora"?).

    3 - "Quem quiser saber como estou pode telefonar quando quiser ou bater à minha porta. Também aceito cartas." BRAVO!! Apoio em gênero, número e grau, acredito que esses sites de relacinamento, em verdade, acabam por distanciar as pessoas e não aproxima-las. Esse mundo virtual é duro e frio demais para cultivar sentimentos verdadeiros.

    Não obstante, acredito que as ferramentas (modistas ou não) da internet existem para serem (bem) aproveitadas, como você faz aqui.
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  13. Ops...
    acabo de dar uma entrevista pro Jornal daqui, do Vale Paraibano, sobre o Twitter.

    Sobre as novas formas de usá-lo.
    Falei sobre mini-contos e como isso interfere no dia-a-dia dos que me seguem...

    é um outro lado dessa banalidade!
    beijos

    ;)

    ResponderExcluir
  14. Ferramentas são sempre úteis (bem utilizadas e não banalizadas). E o blog não é superficial, é o caminho natural dos antigos fanzines mimeografados (alguém ainda sabe o que é isso?). Espero que quando precisar de um abraço não seja via MSN.

    ResponderExcluir
  15. se nao te podes contra o twitter, use seu próprio veneno contra ele.
    acho que voce compreenderá melhor se me fizer uma visita.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails