sábado, 25 de março de 2017

APENAS O FIM


10 comentários:

  1. Certo! O começo do fim
    Começa quando acabar
    O fim e, então, por azar,
    O intervalo vem assim

    Que o início está ruim
    E tem que recomeçar
    Para dar vez ao lugar
    Que contam tim-por-tim-tim.

    Eu gostei deste começo
    Porque tenho o endereço
    Do End indefinido

    End e reço, e se eu mereço
    Começo por ter apreço
    Ao poema sem sentido.

    Parabéns! Abraço cordial. Laerte.

    ResponderExcluir
  2. e ficas no
    silêncio
    que semeias....


    [contém 1 beijo]

    ResponderExcluir
  3. Uma pena, todo mundo migrando para face e zap, estamos a ficar sem os bons escritores que também estão a migrar para essas mídias. Uma pena, beijinhos de Portugal
    Ana Karim

    ResponderExcluir
  4. Triste...

    Ainda mais sendo que é da msma cidade que eu, da querida Santo Amaro :/

    ResponderExcluir
  5. Herculano, Santo Amaro precisa de vc, nós precisamos de vc.

    ResponderExcluir
  6. ... E pode seguir a trilha que for, encontrará no caminho uma FLOR !!!
    Eu sempre gostei da BAHIA, só passei por lá... e pelos livros de geografia e poesia.
    Gregório de Mattos, Castro Alves, Kilkerry, RAUL SEIXAS, Novos Bahianos de Galvão e outros no princípio dos sonhos...
    O que eu não entendo é que se um produto, uma Marca, é tão boa, porque não se sustenta ou autossustenta ?
    ... E todo caminho tem pedras e espinhos, tanto é que por onde Pero Vaz, Caminha ? ( - deitado na caminha !!! )

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails