segunda-feira, 2 de junho de 2014

AMIGOS EM CASA

A sua palavra comprime tantos mundos que, ao menor gesto compreensivo da sensibilidade, ela "explode" em suas mãos, em seu olhar, em sua consciência. Poeta de versos curtos e emoção intensa, cada imagem nos arrebata, em ritmo que prende a respiração e nos faz soltar um grito.
Jorge Portugal

Temerário e malcriado, ele trafega na contramão, nunca estando onde se espera. E assim surpreende com momentos de veracidade e dor pungente. Sempre dilacerado, Herculano reúne coragem e velhacaria, prosódia barata ou complicada, conforme a conveniência, tudo de caso pensado, desorientando a seu bel prazer. Me espanta o desencanto humanitário desse mestiço do Recôncavo!
Edgard Navarro

Herculano tem chumbo no sangue e isso define sua poesia: tem peso. O mais simples verso carrega toneladas de sentido, "vocação para o abismo / para o abraço". Herculano tem chumbo no sangue e isso define sua alma tal qual o chumbo correndo pelas veias de sua Santo Amaro da Purificação.
 Katherine Funke

Não sei se a árvore da casa era "pé" de cajá, grumixama ou araçá... Só sei que o tempo de sonhar, de rir, de olhar pra trança da menina, de chutar as poças d’água foi quando a criança que morava na casa da árvore queria beijar a garotinha ruiva, navegar pra ilha de Robinson Crusoé e ter um badogue feito com forquilha de goiabeira pra derrubar o sariguê que queria comer os ovos do ninho de sofrê...
Boris Azevedo

Herculano é um fatalizado pelas setas da poesia As sombras do cotidiano assolam suas retinas, que, como negativos de filme, gravam o desaninhar das metáforas escondidas nas sombras do dia: “é tarde/ e todos os clichês estão no lugar”. É impossível sair ileso das veredas que constrói o poeta. 
Georgio Rios

A CASA DA ÁRVORE
Lançamento dia 05 de junho
ICBA - Salvador - BA
A partir das 18 horas
Entrada franca

5 comentários:

  1. Olá querido, como foi sua publicação, pelo visto seus amigos em casa rendem bons frutos, seus amigos falam bem e você bem escreve.

    ResponderExcluir
  2. Nem tudo isso junto pode ser maior do que o seu talento. É só te ler. É só sentir. Ou pressentir o que se inscreve no que fica de silêncio. Sobre A Casa da Árvore, converso em breve.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  3. Acho que Gustavo me considera como amigo. :(

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails