terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

NÚMERO PRIVADO

     Não atendo chamadas telefônicas de números privados. Acho um desaforo ligar para alguém sem se identificar. No entanto, ontem recebi várias e insistentes ligações sem identificação. Fiquei incomodado. E se fosse alguém conhecido que foi assaltado, que levaram o telefone celular, que estava utilizando um telefone emprestado de um estranho, que estava em alguma delegacia da cidade registrando um boletim de ocorrências, que o único número telefônico que recordava era o meu...? E se fosse?
     Em um momento pré-identificador de chamadas da história da comunicação humana, todo mundo atendia qualquer ligação em casa. O que mudou? Ligaram mais uma vez. Olhei: “não identificado”. Comecei a suar. E se fosse mesmo alguém precisando de ajuda? E se fosse? Respirei fundo. Atendi:
     – Alô?!
     – Senhor Herculano?
     – Pois não?!
     – Nós somos do Consórcio Nacional Ford e estaremos oferecendo uma oportunidade única para uma pessoa como o senhor...
     (Desliguei)
     Não era, realmente, alguém precisando de ajuda. Mas, e se fosse?

19 comentários:

  1. Olha, já venci isso e é regra: não atendo chamadas não identificadas e ponto. Se for alguém precisando de ajuda, procura outro aparelho, onde possa aparecer a identificação. E não tem volta isso. Aviso a todos: não atendo se não identificar o número.
    Mas...e se fosse mesmo???? :-)

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha pensando nisso, acho que vou pensar duas vezes quando receber outra chamada privada.

    ResponderExcluir
  3. Nunca atendi número privado... agora fiquei com peso na consciência: e se, alguma vez, foi algum conhecido realmente precisando falar comigo? vixe.

    ResponderExcluir
  4. Também não atendo, aliás, não atendo telefonemas de números q não conheço: tem acontecido tantas ligações mal intencionadas q não me arrisco, nem a pau! O que mudou? Tudo. No meio dessa parafernália eletrônica infiltraram-se não apenas as empresas publicitárias, as agências bancárias e os bandidos profissionais, que vêm infernizando a vida de muitas pessoas, simulando sequestros de familiares e extorquindo dinheiro dos desavisados. Bons tempos eram aqueles quando conversávamos horas e horas ao telefone e não pagávamos tão caro.

    ResponderExcluir
  5. AMIGO !!! TENS TODA RAZÃO !!! ACHO UM DESAFORO LIGAR COM NÚMERO PRIVADO !!! NUNCA ATENDO !!! PARO DO PRESSUPOSTO DE FALAR COM QUEM NÃO CONHEÇO SÓ ESTANDO VISÍVEL !!! A VISTA !!! Um ABRAÇO Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  6. Eu não só vejo o numero,memorizo e ligo de volta.

    ResponderExcluir
  7. Geralmente eu não atendo não, só se insistir.

    ResponderExcluir
  8. Definitivamente não atendo ... aliás, celular eu só atendo qdo o número está na minha agenda ... caso contrário não atendo mesmo ... rs

    ResponderExcluir
  9. Amigo Herculano, eu também não gosto deste procedimento. Sou um cara tranquilo e tolerante, mas estas situações me chateiam. Às vezes até sinto vontade de mandar PQP.
    Um abração. Tenhas um bom dia.

    ResponderExcluir
  10. Já recebi uma ligação importante de um número privado, mas só atendo depois da segunda tentativa, tenho pavor a telemarketing.

    ResponderExcluir
  11. Pior é ligação privada a cobrar, dureza.

    ResponderExcluir
  12. Acho que era alguém precisando de ajuda sim: o vendedor! Deve ser horrível trabalhar assim...
    Boa tarde, um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Tirei o telefone fixo aqui de casa, o som quando tocava me dava irritação e calafrios, sempre pensava ser uma coisa ruim, celular deixo quase sempre desligado, se ligo e tem ligação conhecida, deixo ligado para que se a pessoa ligar novamente, claro, eu atenda, também bloquei quase todos contatos de e-mail, enfim, pouca gente, menos irritação sonora no celular.

    ResponderExcluir
  14. O número privado é sempre aquele que a gente não queria ter atendido.

    ResponderExcluir
  15. Também não gosto de atender, e geralmente se atendo o que ouço são ofertas de produtos, etc... Mas fica a moral de sua historia: na dúvida, faz bem em atender...

    ResponderExcluir
  16. Fui a um site de acompanhantes e a maioria delas diz que não atende números privados. E se for uma esposa? E se for um assassino? E se for um maníaco? E se for um stalker? E se for o BB Seguro Auto?

    ResponderExcluir
  17. Gente, por que esse povo de telemarketing insiste no gerúndio até hoje?! Affe!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  18. É chato, né, receber ligação de um número privado. Fico incomodada e também sempre penso que pode ser alguém conhecido, mas confesso que raramente atendo. Gostei do texto.
    Sub helena.

    ResponderExcluir
  19. Ótimo tema.
    Eu detesto esses telefonemas, e a sensação é mais ou menos a mesma, fica aquela dúvida: será? não será? muitas vezes é telemarketing, muitas vezes é gente esquisita com histórias esquisitas, mas vez por outra, lá está... é telefonema importante de filha que ficou sem saldo e está ligando duma cabine, por exemplo... ou para desmarcar uma consulta em cima da hora da gente sair de casa para ir para a dita... vai daí, à segunda chamada, melhor atender :)
    abço

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails