sábado, 2 de fevereiro de 2013

CRÔNICA DA MULHER BROTHER

O homem quer liberdade, quer espaço. Quer uma mulher que lhe compreenda, que silencie quando ele estiver em silêncio, que escute quando ele quiser ser o centro das atenções. O homem quer uma mulher que torça por seu clube, que sofra na derrota e tire sarro dos adversários na vitória. O homem quer uma mulher que não implique com a pelada de final de semana nem com as consecutivas, e simultâneas, partidas de futebol na TV – seguidas de repetitivas mesas redondas. O homem quer uma mulher que rache as contas, que não se importe com datas ou churrascarias, que compre cerveja, que fale alto, que goste de rock and rool e não se esquive de uma roda de samba, que não leve desaforo pra casa, que ria das suas piadas, que conte piadas, que aposte, que jogue cartas, que goste de fumar de quando em vez, de beber, de assistir a filmes adultos, que seja amiga dos seus amigos, que não tenha ciúmes das suas amigas. Mas uma mulher que não seja subserviente, que tenha força, que não se anule, que seja cúmplice e álibi, uma mulher que seja mais que um mero estereótipo de fetiche masculino. O mais engraçado é que esse tipo de mulher existe, e quando ela aparece em sua vida, quase sempre, assusta.

27 comentários:

  1. A imagem combina perfeitamente, no fundo acho que é o que todos queremos, homens e mulheres, mas quando um casal se parece demais, assusta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O, apenas razoável, filme E AÍ, COMEU?, de Felipe Joffily com roteiro de Marcelo Rubens Paiva, parte da premissa de que Mazzeo, Palmeira e Orciollo (seus protagonistas) aprendem a ser mais gentis depois de sofrerem um baque emocional, no entanto o estereótipo da mulher objeto apresenta três claras definições: A NINFETA, A PROSTITUTA, e a mais interessante de todas, interpretada com muito vigor, novamente, por Dira Paes, A MULHER-BROTHER.

      Excluir
  2. Nossaaa!!! Fatão!!!
    Os homens querem mulheradas decididas e independentes, mas são muito inseguros para ficar ao lado delas.
    é o que dizem
    "Os homens só muito bem armados conseguem enfrentar o mistério que não as mulheres"
    Amei o post.

    ResponderExcluir
  3. Eu, de fato, nunca vi tal mulher. Ainda acho que, alguns homens, costumam criar expectativas que, dificilmente, poderão ser atingidas. Portanto, a decepção se torna inevitável.

    Bjão!

    ResponderExcluir
  4. Geralmente o cara acaba fazendo essa mulher de "brother" e ficando com a estereotipada.

    ResponderExcluir
  5. Fantástico!

    Os homens que conheci, e que conheço, querem tudo isso e numa mulher pompom, delicada mas que cuide dele, ao mesmo tempo em que lhe dá a sensação de que ele é que cuida dela, e que a protege. E não pode ser bonita, porque mulher bonita e brother... nossa, assusta muito mais! Não sei de onde vêm os homens que conheço...

    ResponderExcluir
  6. algumas mulheres talvez nao gostem
    mas os homens vao se identificar
    gostei da coragem do texto
    de expor um pensamento coletivo
    quando parecia ser um texto machista
    vc modifica o rumo da prosa e nos apresenta
    exatamente o contrario

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do texto, só quero viver para ver um amigo meu me contar que ficou assustado kk

    ResponderExcluir
  8. Claro que existem mulheres assim e ainda bem; eu sei que é destas que os homens gostam mais, mas assustam-se com elas. No findo no fundo eles preferem aquelas que dizem " amen " com tudo o que eles dizem. Sou casada há 37 anos; sou desse tipo de mulher que falas no texto e consegui ocupar o meu espaço no relacionamento, mas que dá trabalho, isso dá e muito. Mas...faz parte; um relacionamento só dura com muito trabalho, paciência e tolerância aceitando a individualidade de cada um. É difícil? Claro que é; se fosse fácil hoje em dia os casamentos duravam mais. Um beijinho e um bom Domingo
    Emília

    ResponderExcluir
  9. E é isto o que uma mulher quer ser junto a um homem. Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Acho que as mulheres tem mais assustado os homens do que propriamente atraído. O homem não está sabendo muito como lidar com a mulher contemporânea.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  11. O pior que é verdade elas existem e por serem quase extintas o susto é tremendo quando elas surgem e então ou elas levantam ou derrubam um homem. Excelente o texto. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. TAMBÉM PRECISO DE UM HOMEM BRODER.





    ALINE

    ResponderExcluir
  13. Eu acho que o homem quer demais.... Exige uma mulher perfeita, que esteja sempre a seu dispor e seus caprichos. E pra mim, mulher assim não existe!

    ResponderExcluir
  14. Este tipo de mulher é cada vez mais comum e isto é bom ... mas este estereótipo de busca não é exclusivo de homens ... mulheres tb estabelecem um tipo de estereótipo para os homens e entre os gays e lésbicas o assunto não é diferente ...

    excelente texto ... parabéns ...

    bjão

    ResponderExcluir
  15. Realmente existe mulheres assim, mas elas não podem ser sempre assim, "perfeitas," chega uma hora, que o ciúme das amigas vence, que a TPM faz com que a pelada de fim de semana à irrite, e ai elas querem, um homem, compreensivo.
    Obrigado pela sua visita ao meu blog. Volte sempre

    http://chaianemocelin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. "Eu me vejo assim,
    na quase maioria do
    tempo e não acho ruim,
    ao contrário, ja estamos
    assim, ha 29 anos!"

    Adorei essa mulher brother,
    pois além do Amor existir,
    temos a certeza de que irá
    persistir por muito tempo!

    Obrigada pela visita e atenção.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Homem é bicho assustado, em geral. Quando não é, geralmente o quadro se inverte...

    ResponderExcluir
  18. O texto me fez lembrar da musica do Roberto "Esse cara sou eu" ao contrario... o titulo poderia ser "Essa mulher sou eu"... mas... cade "esse cara" que acompanha essa mulher?

    ResponderExcluir
  19. Cada homem tem uma receita personalizada de mulher ideal. E todas elas levam à frustração porque mulheres oscilam. Mudar faz parte da natureza feminina. Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Acho que na realidade queremos algo que seja nosso próprio espelho...

    Parabéns pelo texto!

    Abçs

    ResponderExcluir
  21. Eu não sou uma mulher brother mas, pelo menos... sou eu.

    ResponderExcluir
  22. Você terminou o texto com justamente o que eu estava pensando... homens não sabem lidar com mulheres assim, acabam se acovardando.

    ResponderExcluir
  23. E a gente sonha acordada com um homem que não queira tudo isso!!!

    beijoss

    ResponderExcluir
  24. Ainda se categoriza muito o caráter distintivo e as particularidades que separam o homem da mulher. Para além da força fisica, devido ao homem ter sido colocado dentro de uma forma com uma estrutura mais forte, pouco mais separa os sexos opostos que a diferença de indivíduo para indivíduo.
    Nos dia actuais, a diferença entre homem e mulher não se acentua como antigamente. Muitos são os homens que sentem o lado feminino e vice versa. Como vamos julgar dois homens casados um com o outro ou duas mulheres? Até hà uns tempos atrás a imagem do Homem era imposta pela sociedade. Estava restrita à mentalidade, transmissão de doutrinas, de lendas e de costumes. Com a mudança de gerações, a liberdade e o despreconceito foram retirando o veu àquela imagem máscula que se comprimia dentro de um conjunto de ideias que levavam a acreditar e quase a impor...UM HOMEM NUNCA CHORA... um homem chora sim, um homem gosta de se sentir acarinhado e por vezes ser tratado como uma criança. No fundo tudo é uma questão de época... o que é errado numa, é certo na noutra. Existe de tudo um pouco em ambos os sexos. Mas sejam os casamentos hetero ou homossexuais, existirá sempre diferenças, que se completerão ou não; dependerá do afecto que une os dois seres e da vontade que tenham em vencer os obstáculos.
    Bom seria que todo o ser humano se regesse pela liberdade individual sem esquecer o respeito e o amor Universal.

    Parabens pelo assunto. Gosto de temas que obriguem as pessoas a para e pensar um pouco.

    obrigado pelo seu comentário no meu conto, na Pastelaria Editora. Aqueles foram fantasmas e pesadelos que me acompanharam durante um período da minha juventude e tive mesmo que os vencer para poder dormir à noite e viver os dias tranquilos. Para poder seguir em frente tive mesmo que os atirar ao vento... e resultou até hoje.

    ResponderExcluir
  25. Cheguei aqui através de um comentário seu no Carpinejar: voltarei! Mulheres brothers: e caberiam os homens sisters?... rss

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails