quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

PARA QUEM LEU O MEU LIVRO

Antonio, 36 anos, casado, uma filha,
morador de Castelo Branco, popular bairro de Salvador - BA

11 comentários:

  1. Quis dizer que ''casa de massagem'' não seria tão ficcional? Interessante.. fiquei imaginando se esse ''casado'' seja com a atendente..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo no meu livro é mera ficção.
      Antonio é uma pessoa cheia de vida,
      dessas que aparecem de quando em vez neste planeta.

      Excluir
  2. Incrivel, um dos melhores e mais fortes contos do livro ganha vida. Por essa eu nao esperava.

    ResponderExcluir
  3. Vou procurar esse livro quando for á livraria cultura daqui.bjs

    ResponderExcluir
  4. Ea vida, teima em prosseguir, apesar de todos os pesares.

    ResponderExcluir
  5. não achei, tentei comprar o seu livro. vou tentar pela internet :D

    ResponderExcluir
  6. Não sei se te lembras de mim e do meu blog...mas estou a começar um novo :)
    Se quiseres passar por lá e dizer o que pensas :)

    ..e talvez seguir...não isso é só se achares que mereço :)

    http://diariodosombrio.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Oláá! Tudo bem com vocÊ?

    Belíssimo post! é sempre bom passar por aqui, gosto de apreciar as coisas que você escreve

    Muito obrigada pela visita em meu blog, fiquei muito feliz em ler seu comentário!

    e adorei sua postagem!

    Parabéns sempre pelo que escreve, adoro seu cantinho!

    Um grande beijo e um ótimo fim de semana!
    se cuide
    Até mais
    ;**

    ResponderExcluir
  8. foto maravilhosa, encontro maravilhoso, espero que o Antonio tenha gostado , abraços

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li, estou com seus dados e assim que for possível entrarei em contato...e tenho certeza que compreenderei o que quis dizer com as imagens. Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns por este e pelos outros posts, principalmente o que incentiva à doação de sangue. Muito importante! Eu já precisei quando morava aí no Brasil, mas não posso doar por ser asmática. Nessa altura em que precisei, pediram-me que arranjasse doadores para recuperar o sangue que eu tinha usado e foi aí que descobri que asmáticos não o podem fazer. Agora já sou uma vóvozinha e lamento não ser possível contribuir. Essas pessoas que pensam que esse acto é uma caretice, são indignos da classificação de seres racionais. Mas...emfim..a pobreza de espírito é a pior na nossa sociedade. Fica bem, amigo e até breve.
    Um abraço
    Emília

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails