segunda-feira, 16 de maio de 2011

VOCÊ NÃO VALE NADA

Numa crônica publicada AQUI, relatei que disseram, sem muita convicção, que eu não valia nada e que eu preferia ter sido chamado de “canalha”, que soava (ainda soa), para mim, muito mais elogioso, que seria um prêmio, a certeza que alcancei o pódio no coração de uma mulher. Disse, também, que “você não vale nada” não passava de um modismo, que estava na dublagem dos filmes, dos desenhos animados, em toques de celulares, em trilhas de novelas. No entanto, se essa pessoa, ou qualquer outra, tivesse dito que eu não valia nada como Tiê canta abaixo, certamente repensaria um pouco:

31 comentários:

  1. além de ouvir isso você queria que fosse com uma voz dessas também?
    Até eu...

    abraço

    ResponderExcluir
  2. Como diz o ditado " Quem desdenha quer comprar" Beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  3. Repensaria muito.. Gostei! Sorte :)

    ResponderExcluir
  4. Tiê é linda demais
    e o seu disco novo então, é maravilhoso.
    Essa versão em ritmo flamenco ficou perfeita, agora assim a letra ganhou sentido. Em ritmo de forró as palavras se perdiam pelo ar, às vezes é preciso posar.

    ResponderExcluir
  5. Primeira vez que ouço essa música: adorei. Gostaria de colocá-la no meu blog também.

    Quanto a não valer nada, acho que já estamos acostumados a isso... Antes de nós, muitos já não valeram. Como eu gosto de dizer: dependendo da origem, melhor ser amaldiçoado do que receber um a bênção.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  6. Cachorro! Hahaha.
    De fato mulher não dá ponto sem nó!
    Quanto mais ofende, mais grita, mais faz pirraça, mais gosta.
    Quem te irrita te domina. ;B
    Pena que não vou poder escutar a música agora, só em casa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá ...olha adoreiiii
    Dá uma vontade imensa dee dançar
    Adoreiiii
    Bjsss!!!

    ResponderExcluir
  8. dependendo de quem, não faço a menor questão de ser alguma coisa.

    mas a suavidade da voz da Tie, minimiza qualquer impacto!

    ResponderExcluir
  9. Ah, eu queria tanto conhecer de perto alguém que valesse muito rs rs
    Vou atrás da crônica para saber mais detalhes dessa sua liquidação!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. só existem duas variações musicais:
    música boa
    e música ruim

    e nunca subestimemos o gosto popular, se algo é capaz de tocar, ainda que superficialmente, a grande massa, é porque funciona em algum contexto. E basta mudar o contexto para termos algo que nos toque, afinal também somos massa.

    ResponderExcluir
  11. Bem interessante a versão.

    ResponderExcluir
  12. certamente o canalha tem lá seu valor. e é geralmente mais instigante do que o cara normal que faz tudo o que está na cartilha. essa é a grande contradição. gostamos mais do canalha por ser exatamente o oposto do que deveria ser. e, por não ser alvo tão fácil de nossos desejos, é o canalha, o mais desejado.

    bjs, k.

    ResponderExcluir
  13. Essa versão é uma delícia de ouvir!

    ResponderExcluir
  14. parece música espanhola. ficou melhor que o original.

    =D
    Marcos

    ResponderExcluir
  15. Te parabenizo pela elegância com que responde, neste post, ao comentário feito sobre vc, e pela sensibilidade com que nos brinda com a versão flamenca do "clássico popular" na voz da Tiê. E concordo em tudo com o Pedro Paula. Sobre a Tiê, nem sei o que dizer, ela vai muito.

    ResponderExcluir
  16. É meu velho, acho mesmo que você conquistou esse coração aí. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  17. Seu blog é lindo!
    Se puder, dá uma passada no meu e se gostar siga. Estou no começo ainda. Aqui:
    http://umalampadaacesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Você não vale nada...
    Ah, e eu não gosto de você!
    kkkkk
    Podemos ter muitos valores e sermos considerados inválidos por muitos, faz parte.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  19. eu não sei se vale ou não, até porque sempre estou errada sobre muito, mas eu gosto.

    quanto à versão, achei bem interessante, basicamente a mesma melodia e uma maneira diferente, e mais moderninha, de gemer o verso.

    ResponderExcluir
  20. alguns cafas são alimentaçãod e fibra!rs... e isso não é uma agressão carinhosa - é elogio mesmo! rs...
    beijo

    ResponderExcluir
  21. Estive lendo a outra crônica, e Carpinejar que nao invente (rs) canalha é tudo canalha rs
    Certamente alcançar o pódio do coração de alguma mulher com esse ´elogio deve ser excitante, porque confirma um certo tipo de homem, que por acaso, mulheres canalhas também se atraem. É sempre assim, semelhante atraindo semelhante :-)

    Nao conhecia essa cantora, aliás, bem pensadinho acho nao conheço mais quase nada dos novos cantores, por estar distante, snif.

    Beijinhos man!

    ResponderExcluir
  22. Meu caro, tudo depende da perspectiva, por essa aí... Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Eu também não valho nada, mas um dia quero ver s'eu "valho".
    Asneiras a parte, com uma voz dessas, ela cantando até música fúnebre vira eufonia.

    ResponderExcluir
  24. Não gosto dessa, mas não paro de ouvir "Piscar o olho"
    A voz dela é muito linda.

    ResponderExcluir
  25. Se eu chamar um homem de porco na cama ele leva a mal?ahahahaha já sei que és brasileiro, seria então: safado?vagabundo? :P
    São insultos afectuosos. e de certeza que se eu te dissesse: não vales nada! é porque valias muito. Um dia faço um dicionário da mulher!! :)

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails