quinta-feira, 4 de novembro de 2010

JUVENTUDE?

Não costumo recriminar a juventude, no entanto é impossível permanecer indiferente a algumas coisas: uma delas é esse modismo incompreensível intitulado “eyeballing”, que nada mais é do que tomar uma dose de vodka pelos olhos com a promessa de proporcionar um estado maior de embriaguez, mas que na verdade provoca uma queimadura química que pode levar à perda total ou parcial da visão. Cada vez mais difundido entre os jovens através das redes sociais, “o colírio de vodka” não deixa de encontrar adeptos no Brasil (algo que pude confirmar num recente final de semana num bar). 
Outra, igualmente incompreensível, são as mensagens racistas postadas no Twitter após a eleição de Dilma Rousseff, onde os nordestinos foram considerados os principais responsáveis pela vitória da candidata petista. A mensagem que deu origem dizia: "'Nordestisto' não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado" (sic). Ingenuamente, achava que xenofobia e neonazismo eram imbecilidades démodés. Sou brasileiro, nordestino, e mesmo se eu não fosse, estaria igualmente indignado. Não se trata apenas de uma questão de defesa regional, é simplesmente respeito ao ser humano. Isso vai muito além da tão defendida liberdade de expressão, que parece desculpa para tudo. O Ministério Público promete investigar o caso, enquanto comunidades racistas se propagam livremente com milhares de membros e manifestações injuriosas. 
       Há quem diga que para o jovem tudo é permitido, mas até os excessos têm fronteiras, que não podem ser ultrapassadas jamais.


A imagem que ilustra a postagem é de JOvelino VENceslau dos Santos, célebre personagem de Chico Anysio, mais conhecido como “Jovem”, representante de uma época em que a rebeldia adolescente inspirava divertidos aforismos.

36 comentários:

  1. quanto ao eyeballing os moleques nem se mostram TRU, quero ver fazer é pirate shot (duas doses de tequila na boca, cheira uma linha de sal, pinga o limão no olho e leva um tapa na cara e não pode cuspir a tequila)

    já quanto aos nordestinos, fique com o Varg do Agreste - http://twitpic.com/33eufi

    inspirado no grande Varg Vikernes do conjuntode black metal Burzum

    ResponderExcluir
  2. Sabe o q é mais terrível? A tal "jovem" que iniciou os ataques contra nós nordestinos, é uma estudante de direito, estagiária num conceituado escritório de advocacia, fazendo constatar que não se trata de juventude sem sustentação teórica, pior, xenofobia de alguém que tem acesso ao conhecimento. Porem a OAB de Pernambuco, já está movendo uma ação contra essa criatura inóspita. Ah e ela perdeu o estágio no conceituado escritório. Agora vale lembrar que mtos paulistas saíram em defesa da gente. A xenófoba, racista Mayara, certamente neste momento se desespera com a ponta dupla dos seus cabelos lisos, e com o ressecamento da sua pele branca, pois anda preocupada com quem ela deve subornar ,para esquecerem a nódoa q ela colocou sobre sua vida.Como diz o personagem de Chico: “jovem não para,jovem dá um tempo!”.Criaturas como ela,não param de ser racistas,homofobicas,misoginias,xenófobas,enfim,se recolhem para ganhar fôlego com a nossa memória curta.Ela é o retrato da estupidez hegemônica.

    "de tão usada a faca já não corta"

    ResponderExcluir
  3. Está coberto de razão Herculano.
    Assim como você também fiquei indignada.
    Juventude? A meu ver, não passam de um bando de delinquentes e covardes. Lamentável.
    Aqui na face da terra só bicho escroto é o que vai ter. Olhe aí...

    Um beijo Herculano!

    ResponderExcluir
  4. Maior confusão no Twitter por conta disso, né? Burrice, inconsequência e imaturidade de quem fez.

    Vou procurar esse personagem no You Tube, acho que não o conheço ainda.

    Beijo, moço.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  5. Eyeballing? Nunca tinha ouvido falar! É muita loucura para a minha parca razão!
    Já o preconceito é mais velho que o mundo. E se os nordestinos elegeram Dilma, os paulistas teimam em eleger Paulo Maluf, Tiririca e outros "fichas sujas". Pelé tinha razão e o brasileiro ainda está aprendendo a votar.

    Grande abraço

    Lúcia Alfaya

    ResponderExcluir
  6. Juventude para mim é uma equipe fora de série de Caxias do Sul, o resto não passa de playboy que encontra tudo nas mãos e não sabe aproveitar.

    ResponderExcluir
  7. isto é fruto da mediocridade de um país tupiniquim ...

    minha solidariedade ao seu desabafo ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente a juventude, em todos os tempos, sempre foi pródiga em asneiras. Mas, nestes tempos de ócio e facilidades, as asneiras tomam teor de periculosidade. Basta uma fagulha pra causar um incêndio, como no caso do racismo. Para uma geração que usa "colírio de vodka", a vida é vista sob outros valores...

    Ótima postagem!

    Abraços,

    ResponderExcluir
  9. Oi Herculano,

    Se vc quiser participar do amigo secreto virtual de cartões de Natal me fale,
    ficaria muito contente com sua participação, pois tenho outro amigo que gostaria de participar e achou que era só para o clube da Luluzinha...rs

    Até!

    ResponderExcluir
  10. Procurei por Mayara Petruso nas redes sociais e descobri muita gente apoiando o que ela fez. Tentei ignorar o asco ao analisar o que eles escreveram e com a maior boa vontade possível, sem pré-julgar ninguém, analisei o contexto em que eles vivem, através das comunidades e roupas e gostos e tudo mais... Peguei tudo isso e comparei com as minhas experiências pessoais, situações de discriminação que eu já presenciei, pessoas preconceituosas que eu já conheci... Cheguei a uma conclusão triste, que Einstein já sabia a mais de um século atrás, é mais fácil desintegrar um átomo... Todo esse ódio neles é criado e conservado dentro de casa, parece um câncer. A Mayara chegou a pedir desculpas, mas sem nenhuma humildade, disse ainda que "errar é humano". Não tenho muitas esperanças de que isso mude um dia, mas a punição é necessária para que cessem as agressões, pelo menos.

    ResponderExcluir
  11. Achei um absurdo as coisas que li no seu texto, tb estou indignada, mesmo que não fosse nordestina! Bju

    ResponderExcluir
  12. Concordo!
    Seu texto é expressivo!
    Gosto de ler uma boa opinião.
    Beijos na Alma

    ResponderExcluir
  13. Caro amigo,das situações comentadas,nem sei qual a que consegue ser pior... Terrívelmente triste esta perspectiva de juventude, forte abraço.

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha ouvido falar deste Eyeballing . Isto é assustador. Que espécie de torpor mental pode levar uma pessoa a se violentar desta forma. Acho que há um vazio muito grande.
    Aliás, o que mais me choca é perceber o quanto a aclamada "juventude" carece de qualquer conteúdo ou consciência .Tudo um imenso equívoco.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  15. Acho que ando no mundo da lua, não sabia nem sobre Eyeballing, nem sobre a culpa dos nordestinos.

    ResponderExcluir
  16. ô povinho..

    Reforcinho POSITIVO:

    POST sim, post tudo o que você tiver vontade! Com ou sem comentários, se vão achar legal ou não! O BLoG É SEU! Não deprima... você é arte! 'Faz parte do SEU show'.. meu amor!

    ResponderExcluir
  17. Esse nome estrambólico aí, esse tal de Eyeballing, quer dizer o mesmo que idiotice, é? Repare se eu vou estragar vodka, embebedando meus olhos? Eu faço é beber mesmo e com a Boca, e é para ficar bêbada e não para virar idiota... No olho eu ponho é colírio ou no máximo, soro fisiológico e lentes de contato, é cada uma que dá dez, vô te contar, viu, Herculano!

    Quanto ao vil ataque de xenofobia, eu acho que o MP, e a OAB-PE, devem levar até as últimas consequências, a 2ª Guerra Mundial, começou por causa disso, dessa estupidez de perceber o outro - sim, de acordo com Claude Dubar, em seu livro, "Crise das identidades: A interpretação de uma mutação" - é uma ótima leitura - o conceito do outro, de alguém diferente, se deu a partir dessa guerra - estranho a mim, diferente. Então abre-se margens para todo tipo de estupidez, ignorância e preconceito. Isso é sério e grave, e não um excesso de juventude.
    Acho que ela, essa moça aí, deveria receber uma pena alternativa: viver dois anos nos estados do nordeste e prestar serviços comunitários, quem sabe assim ela minimamente receberia uma pequena dose de educação, de tolerãncia, e sobretudo, aprenderia a respeitar o próximo, independente do gentílico.

    Outra coisa, se fomos nós os nordestinos, que elegemos a sra. Dilma Roussef - sim, eu votei nela - , elegemo-na em nome de um projeto político e social, o que denota o tamanho do nosso comprometimento com a causa social, com o desenvolvimento da região e com a causa coletiva, o que no mínimo quer dizer o quanto temos um elevado grau cognitivo, o que desconfio, não poder dizer o mesmo da tal moça e seus asseclas. Será que ela também entope os olhos de vodka, e fica “cega de tanto ver” imbecilidade proferida por ela mesma?

    Abração, Herculano, e obrigada pelo poste. Apesar de me deixar extremamente indignada... Mas precisamos trazer esse tipo de ignorância para o centro do debate.

    ResponderExcluir
  18. O mundo é racista.Mesmo.
    A diferença é o quão negativo o racismo pode ser.Assim como a auto preservação e amor próprio tem raiz no egoismo,e a sabedoria e discernimento tem raiz na capacidade de julgamento.
    Mas o que nos difere dos animais(especismo)é exatamente o controle dos sentimentos que podem degenerar em comportamentos negativos e destrutivos.
    Então, quão superiores somos das outras bestas sobre a terra?
    Aqui onde estou, assim como ai, ser brasileiro é pior que muitas nacionalidades.E brasileiros se acham superiores a certas outras.
    Seria cômico, se não fosse trágico.
    E infelizmente, não dá para rir de tudo...
    Nordestinos na verdade, são os brasileiros que geram tanto material cultural distintivo a sua região e ao brasil,que se tornaram facilmente identificáveis, virando assim alvo, como todo grupo étnico de distinção e real valor.
    São identificáveis, tem identidade cultural.
    Sinto muito.Isso é muito feio.Vergonha alheia dessa gente.
    bjo

    ResponderExcluir
  19. Amigo,não se esquente, esse bando de idiotas, são os previlegiados, filhinhos de papai, que podem tudo, se são pegos com uma tonelada de drogas, são levados a presença de um juiz"generoso" que abranda a pena rotulando como usuario, existem exceções sim, jovens que ainda lutam por esses Pais, que vão contra o preconceito( palavra nogenta)que acreditam que possam mudar historias e vidas.Não sou nordestina não sou mineiro, gaucha ou carioca, sou brasileira, tenho amor e orgulho de minha terra,essa moça com certeza foi infeliz no que escreveu, quem sabe não é mais uma praticante de eyeballing, e faz parte dessa geração que prefere ficar cega para não ver nada? Deixe ela pra la, quanto mais falar, mais ela vai achar que é especial,Bjs

    ResponderExcluir
  20. Enquanto isso, o Conselho Nacional de Educação (CNE) tenta censurar o livro "Caçadas de Pedrinho", do escritor Monteiro Lobato, por suposto conteúdo racista.

    ResponderExcluir
  21. devo estar muito ultrapassada e mal informada porque eu nunca tinha ouvido falar. que vergonha!
    Bj,

    ResponderExcluir
  22. Concordo em gênero, número e grau.


    Não sabia dessa do colírio!
    Muito menos dessa ofensa aos Nordestinos!

    Sabe o que é isso?
    Juventude que só encontra nas futilidades
    um motivo pra viver.

    ResponderExcluir
  23. Muito do que os jovens fazem é culpa nossa. Precisamos parar de passar a mão na cabeça dos nossos jovens e achar que tudo que eles fazem é coisa da idade. NUNCA tinha ouvido falar desse "Jeito jovem de beber Vodka"... jeito pra lá de esquisito...

    ResponderExcluir
  24. fiquei bastante indignada quando li as notícias sobre as mensagens no twitter. É muita ignorância!
    Mas essa da vodka no olho eu não sabia. Deus, o que é que está acontecendo com essa gente? Cada dia a raça humana me dá mais vergonha.

    ResponderExcluir
  25. Também achei ridículos esses comentários no twitter. Mais que desnecessários - péssimos. O que acontece é que quando as pessoas têm muita liberdade, elas perdem o controle. Acham que podem falar o que quiser, de quem quiser, doa a quem doer. Hoje em dia todo mundo é 'esperto'.Todo mundo sabe tudo. Pior é que muitas das pessoas que fizeram esses comentários preconceituosos estavam, na verdade, tentando ser engraçadinhos pra ganhar RT.
    Lindo, né? =/

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi, amigo!
    Suas palavras serviram como um linimento para a ferida que tal violência abriu no meu coração.
    É incrível como algumas pessoas esquecem de que existe uma palavra chamada respeito e saem por aí disparando flechas por todos os lados. Pessoas que com suas palavras ferinas atingem o cerne da alma de um povo.
    Obrigada por levantar a bandeira a favor de um povo que, mesmo diante das dificuldades, é especialíssimo .
    Obrigada em meu nome e em nome dos nordestinos e dos brasileiros. Eu percebo que a luta é de todos pois quando se atinge qualquer região está se atingindo o país!
    Abração!

    ResponderExcluir
  27. Caro Herculano, nasci em São Caetano do Sul (SP), moro em Ituverava (SP) e tenho orgulho de ser neto de migrantes nordestinos que ajudaram a construir São Paulo. Quando olho para as grandes construções da capital o que vejo são as mãos dos trabalhadores nordestinos.
    Abraços.

    Gostaria de contar com seu voto para o Top Blog 2010, últimos dias. Na primeira fase fui bem votado, mas na segunda estou ficando para trás. Preciso que os amigos entrem no meu blog e clicando no selo Top Blog preencham os campos nome e email, e depois confirmem. Ainda há chance, porém, não sem sua ajuda. Agradeço desde já.

    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. acho que os idiotas que vao brincar com a vodka tem a punição mais que correta. não é nem punição, é apenas consequencia de um ato tão ridículo. olha, sobre essa de acabar com os nordestinos, fiquei chocada. sou nordestina! não consigo entender essa fobia ridícula, esse preconceito. lamentável.


    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Lamentável mesmo a realidade que estamos percebendo. Os jovens, que poderiam ser instrumento principal de mudança, estão indo pelo caminho oposto...

    Essa da vodka eu nunca tinha ouvido falar! Devo ser uma jovem nada atenada com as coisas da minha geração! (talvez isso seja bom, né?)

    Abraços, querido!

    ResponderExcluir
  30. Tem vezes que penso que o conceito de humanidade que é demode, pois muitos supostos selvagens se mostram muito mais educados que nós...

    E preconceito é crime.

    Fique com deus, menina Herculano.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  31. Olá, Herculanos.

    ...saudades de ler você.___________

    concordo a 100% com a sua análise. O eyeballing é uma estupidez com consequências gravíssimas pra a saúde assim como a xenofobia demonstrada por essa twitter.
    Espero e desejo que quem tiver que julgar este caso não use de "paninhos quentes", até porque estes casos têm que ser cortados pela raiz...a II Guerra Mundial foi há bem bom tempo e teve origem, na imbecilidade de alguém se julgar superior e mais digno e com + direito à vida que O OUTRO diferente de si.Triste ver que se aprendeu pouco com isso...
    ________
    beijo, Herculano.

    ResponderExcluir
  32. Brasil, um país tropical, abençoado por Deus...

    Liberdade de expressão, eles enfiam onde quiserem... O preconceito e a vodka.

    Aqui tudo pode! Eu adoro "isso"!

    Inté
    ps: E "isso" é pior que idiotice, pra você ter uma noção da minha ideia de idiotice... Eu sou adolescente. Valeu?

    ResponderExcluir
  33. Perdão, não concordo com algumas coisas que você coloca e mesmo que me queime na fogueira, vou falar, ok?
    Em primeiro lugar, preconceito NUNCA foi exclusividade de jovens, atinge todos e todas, não faz, infelizmente, esse tipo de escolha de faixa etária. Aliás, sociólogos e antropólogos, por exemplo defendem que foi o meio ambiente em que a pessoa preconceituosa foi criada que imprime esse "valor". E quem cria são mais velhos, não? Não são "jovens". E não é o fato de ser jovem, desse jeito totalmente generalizante como você falou, que terá preconceitos. Há pessoas preocupadas com o próximo, com Direitos Humanos, contra o mundo globalizado, em qualquer idade.
    è totalmente contraditório, paradoxal e impossível combater um preconceito ( no caso, contra nordestinos ) sem se vale de outro, contra os/as jovens. Quem teve condições de Cultura e acesso à reflexão, e quem cria, também, deve tomar mais cuidado.
    Lembrando, apenas: nos hediondos comentários preconceituosos, enxurrada vinda após o comentário da Mayara, tinham pessoas de TODAS as idades.
    Neonazismo e xenofobias não são - infelizmente também - "imbecilidades démodés - mas algo extremamente mais grave. Na verdade, são ideologias que nunca deixaram de existir e sempre voltam, retorna quando a vigilância abaixa um pouco.
    Moro em São Paulo, capital e sou homossexual, neonazistas vivem atacando por aqui, matando gays, jogando bombas em paradas e etc. Nazismo nunca foi, também, coisa de "jovem". Vide, a própria História do nazismo, existiram inúmeros idosos, por exemplo, apoiando e validando.
    Como seria bom se o preconceito estivesse restrito à uma única faixa etária! Seria excelente!Pena, mas não é assim...
    dois- quanto ao uso do tal "colírio", penso que uma pessoa adulta, bem informada, como essas que frequentam baladas, tem todo o direito de fazer o que quiser com seu corpo. O corpo é Direito inalienável do indivíduo, pertence somente a ele, não ao Estado e nem à medicina preventiva. Medicina preventiva tem a obrigação de informar, apenas, afinal é paga para isso com os altíssimos impostos cobrados do cidadão brasileiro. Informar, mas não impor. O que ele fará com o corpo dele, se vai ficar cego ou não, é direito dele.
    Todos os preconceitos devem ser combatidos, inclusive os nossos, diários e cotidianos. Negá-los, não adianta nada, já que o ser humano só pode refletir e trabalhar o que assume, o que nega fica guardado e, um dia, pode vir à tona como um tsunami.
    Obrigado,
    Ricardo
    aguieiras2002@yahoo.com.br
    http://dividindoatubaina.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  34. Nessa eu tô com a turma do Chaves:
    "Se voce é jovem ainda, amanhã velho será". Aguardo essa turma na curva do mundo.

    ResponderExcluir
  35. Depois da biografia de Fiuk e Justin Bieber, espero da juventude tudo; até mesmo juventude.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails