quinta-feira, 12 de agosto de 2010

BORBOLETAS DE MENTIRA


          Durante a infância, minhas irmãs mais velhas colecionavam bichinhos de mentira: brinquedos, miniaturas, imãs de geladeira, adesivos, pijamas, papel de carta... Apenas eu não colecionava nada.
          Uma noite, folheando uma revista antes de dormir, num desses quartos de hotel, me deparei com o anúncio de uma sex shop, onde ofereciam, entre outras coisas, vaginas de borracha. Curiosa, apanhei o telefone e encomendei uma. Satisfeita, adquiri outras; variando nas cores, nos formatos, nos tamanhos. Comprei de plástico, de metal, de chocolate, de cristal, de argila, de madeira... Quando eu dei por mim já possuía centenas.
***
           Nas Bodas de Ouro dos meus pais a família inteira, após muitos anos, se reuniu. Na cozinha minhas irmãs confeccionavam o bolo. Sentada à mesa eu assistia à cena com minha mãe e uma sobrinha, Amanda, que colecionava ursinhos, mantendo viva a tradição que recebera como herança. Interrogada pela menina se nunca havia colecionado algo, respondi:
           — Coleciono borboletas. Borboletas de mentira.

Esse e outros microcontos em MAIS UMA DOSE.
Baixe o livro gratuitamente AQUI.

50 comentários:

  1. Link alternativo para baixar o livro de microcontos, MAIS UMA DOSE:

    http://www.4shared.com/document/HxPO8l45/MAIS_UMA_DOSE.html

    ResponderExcluir
  2. Uia....amei! rs
    Eu, colecionava vagalumes...rs

    Bjs meus !

    ResponderExcluir
  3. Mas colecionamos mesmo que não envolva a posse fisica, pois vamos dizer que não temos tara em colecionar tristesas / felicidades?

    Fique com Deus, menino Herculano.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo ospequenos contos e vou gostando...
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Herculano .... muito Almodovar essa cena pra mim.... deixa a Amanda ler isso no futuro ... ai por fogo em qq coleção !

    ResponderExcluir
  6. O inusitado, Herculano, o inusitado causa desconforto e estranhamento. O desfecho da tua obra é sempre inusitada/o. Eu particularmente gosto dos perfis e dos desenvolvimentos psicológicos que dás às tuas histórias e aos teus personagens, porque tu sempre foges ao lugar-comum, ao senso-geral. E isso é genial, porque serve inclusive de dilataçao das possibilidades, das alternativas que temos, se busca/r-mo-las.

    Abraço!

    ;)

    ResponderExcluir
  7. Sempre me surpreendo com a criatividade. Gostei muito... ^^
    Por essas e outras que coloquei vc na lista de blogs que eu indico na home do meu blog. ^^

    ResponderExcluir
  8. muito bom muito bom!

    li o mais uma dose. ficou na medida!

    abraços!

    ResponderExcluir
  9. Oi Herculano,

    muito inusitado.
    Muito bom, surpreendeu.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Jamais pensei que alguém pudesse colecionar vaginas de sex shop! Insólito bem como original, rs! O eufemismo 'borboletas de mentira' é polivante e fuinciona muito bem! Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Adorável ...

    eu coleciono COBRINHAS de todos os tipos, tamanhos e cores ... vai entender né? rs

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  12. Surpreendente como sempre em seu sarcasmo nada pueril. Embora utilizando-se de imagens tão meigas, passa o seu recado com escárnio e sem condescendência.

    Adoro ler-te!

    Tenha um maravilhoso final de semana!

    Já baixei o livro MAIS UMA DOSE, é claro que eu tô afim......

    BEIJOS!!!

    ResponderExcluir
  13. Amei a imagem e o texto é divino.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  14. Leio teus textos.
    Sinto-me contente
    por tua genialidade.

    O início e fim
    próximos
    em degraus elevados.

    abraço.

    ResponderExcluir
  15. Minicontos: pequenas doses do cotidiano, contadas com talento.

    ResponderExcluir
  16. Excelente texto.

    Eu colecionava carrinhos de fricção,e qdo meu filho se mudou para o apê dele, dei a coleção de presente, atualmente tem 76 carrinhos, mas não vou parar por ai.

    Bom fim de semana.

    Te espero mais vezes Pelos Caminhos da Vida.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  17. Vou baixar correndo pra ler assim que tiver tempo :)
    Muito curiosos esses micro contos, gostei disso!
    É. já assisti Deixa ela Entrar, perfeito, pena que a divulgação nacional deixa a desejar.

    Ótima sexta 13.

    abraço

    ResponderExcluir
  18. bom demais o texto, lembrei minha vó, que usa os termos exatamente de forma oposta a tua, sempre que vê uma borboleta ela grita "olha lá uma borboceta", e depois ri!

    abraços

    Rafa Feck

    ResponderExcluir
  19. Não sei se foi um eufemismo, mas foi uma boa resposta!

    rs...
    Abraços,

    ResponderExcluir
  20. Oiie, tenho um selo para você no meu blog,
    passa lá,
    www.eusoufelizecanto.blogspot.com

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  21. Ótimo, rs. Amei seu texto.
    Nunca colecionei nada... será que me faltou conhecer o universo do sex shop?

    Te seguindo,
    Andreia.

    ResponderExcluir
  22. Nossa! Depois dessa não hesitei em baixar o livro!

    Muuuuuuuito bom, Herculano!

    ResponderExcluir
  23. não coleciono nada
    junto letras
    que viram poesias
    e saem voando...

    ResponderExcluir
  24. Uma bela semana pra ti amigo,,,abraços.

    ResponderExcluir
  25. Eu coleciono as ilusões, os risos e a felicidade...

    ResponderExcluir
  26. Herculano,

    gostei demais deste microconto. Obrigada.

    *A de chocolate não deve ter ficado muito tempo na sua coleção...

    Beijo

    ResponderExcluir
  27. UHmmmm mega interessante esta sua metamorfose homenageando os grandes vilões... Amei. Sabe, agente acaba se deparando com estas transformações por aqui, até existem blogueiros que usam padronagem diferentes do que realmente são na vida real. Eu particularmente, sou assim, adoroooo aparecer e coloco minha cabeça a prêmio.kkkk. Ate pq. nomeu Blog falo de tudo um pouco, com o compromisso de dizer sempre a verdade, então a minha é esta ai.Mais tb. ja me passei por Angelina Jolie, Madona, e outras divas...não custa nada sonhar e homenagear ao meRmo tempo nénao? Estarei sempre por aqui babando com seus textos e aprendendo um pouco tb. São textos aulas. Parabens.Bjitos mil.

    ResponderExcluir
  28. Eu confesso a vc que considerei interessante por demais a sua postagem.
    Ri muiiiiiiiiiiiiiiiito,amei.
    Colecionar borboletas rs,sensacional.
    Obrigado pelo carinho da visita.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Uma coleção exótica. Muito bom!
    Coleciono minha vida em muitos diários.

    Beijo meu

    ResponderExcluir
  30. Nunca colecionei nada. Também nunca tentei.


    http://guarda-chuvaroxo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Que máximo! A graça está em colecionar coisas inusitadas!!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  32. Eu adorei... Me encantei com seu blog, com certeza voltarei... Beijos...

    ResponderExcluir
  33. nos ultimos dias, decobri que colecionava só mentiras alheias. Quase morri!

    beijos

    Tâmara

    ResponderExcluir
  34. "Sim, eu sei. Pode parecer maluquice, mas eu vou mesmo desparafusá-las e arremessá-las no jardim. Mesmo que não possam voar, ficarão entre as flores, o devido lugar das borboletas paralíticas. Não suporto mais essa idéia de abrir a janela, levantar os vidros e vê-las ali: disfarçadas de dobradiças."

    ResponderExcluir
  35. Prazer em seguir você. Blog interessante com microcontos inteligentes. As suas borboletas de mentiras podem perfeitamente se juntarem a de Nuriko que são de metal e disfarçadas de dobradiças.
    Belo texto, muito interessante.
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  36. Já lhe ouvi chamar muitos nomes, agora borboletas?!...nunca rsrsrsr

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails