sábado, 31 de julho de 2010

ESPELHOS DE LUZ E SOMBRA

     Costumo dizer, aos meus amigos fotógrafos (profissionais, semi-profissionais ou de final de semana), que fotografar é fazer poesia sem papel e caneta. A francesa Irina Ionesco, uma das grandes damas da fotografia mundial, diz que a fotografia é “um elemento essencialmente poético”. Mas isso só descobri agora, após visitar sua exposição, ESPELHOS DE LUZ E SOMBRA, com trinta trabalhos assinados, analógicos e em p&b, feitos entre 1968 e 2006, sem nenhuma interferência digital, que está percorrendo o país.
      Irina Ionesco nasceu em 1935, em Paris. Ainda adolescente iniciou sua trajetória de mulher-espetáculo: encantadora de serpentes, alvo vivo de um arremessador de facas, dançarina acrobática e contorcionista. Chegou à fotografia depois que um acidente a impossibilitou de continuar dançando. Realizou sua primeira exposição como fotógrafa em 1970, desenvolvendo uma das obras mais singulares da arte contemporânea, presente em importantes galerias de todo o mundo, além de ilustrar ensaios de moda. Seu universo barroco, onírico, nos transporta para um ambiente teatral, cinematográfico, onde a idealização de uma mulher mítica é quase sempre o centro.
      Quando saí da exposição, e me deparei com o colorido cinza do centro da cidade, com sua gente cheia de pressa e medo, a vontade era que tudo fosse estático, insólito e em preto & branco; ao menos no meu caminho. Foi quando uma senhora, tentando abrir seu guarda-sol, se esbarrou em mim, e nem pediu desculpas.
JOCELYNE, 1974
EVA AUX ROSES, 1975
FEMME VOLANTE, 1988

56 comentários:

  1. gente, que fotos! gosto disso. do que mexe com quem vê.

    e amei isto: "fotografar é fazer poesia sem papel e caneta".

    abraços!

    ResponderExcluir
  2. Há imagens que emocionam tanto quanto um poema. Uma cena, uma expressão, um lugar... Todos esses fatores causam sentimentos diferentes em cada pessoa que os analisa.
    Fotografia é arte, e como arte está impregnada de significados.

    ResponderExcluir
  3. Sim, muito bom. Mas o último parágrafo do seu texto também, perplexidade poética.

    ResponderExcluir
  4. Ao esbarrão e o fingimento seguido de que nada aconteceu, a isso eu chamo de falta de educação! E sofro desse mal de achar a pressa, o caos, um mundo tão à parte da vida real, que me perco entre devaneios, observando esse desespero das pessoas com relação à vida, ao tempo.

    Mas sentindo o que a emoção da Irina capta, é impossível não fazer uma analogia ao trabalho do Caravaggio, enigmático, fascinante, esse jogo de luz e sombra; trazer para o primeiro plano a obscuridade, realçada pela claridade, a luz como moldura, ou plano a dar evidência ao negro; o chiaro & escuro; nos levar para dentro da cena. Ela como ele, sabe usar o negro para fundo da fotografia, dando a sensação de raso, de obscuro, "muitas vezes totalmente negro, e agrupar a cena em primeiro plano com focos intenso de luz sobre os detalhes, geralmente os rostos", as imagens por ti escolhidas para ilustrar a sua impressão, comprova bem como a artista buscou um recurso "caravaggiano" para usar poeticamente no seu trabalho. Não dá para não perceber esse diálogo entre o trabalho dos dois.
    Abraço!

    ;)

    ResponderExcluir
  5. Quem sabe a mulher
    com quem esbarraste
    não trazia dentro
    do guarda-chuva
    o cinzento da agonia.

    Poéticas imagens.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  6. "Foi quando uma senhora, tentando abrir seu guarda-sol, se esbarrou em mim, e nem pediu desculpas."
    Uma das coisas que aprecio quando eu ou alguem desfruta de uma obra de arte, é o choque que se tem quando se encontra a realidade...
    É dessa sensação que percebo o qaunto me abala ou abalou alguem alguma obra...

    Esses trabalhos eu não conhecia... Gostei de ver. ^^

    ResponderExcluir
  7. Quero muito conhecer o trabalho dela...tomara que a exposição venha para Curitiba!
    Abraços
    Cae

    ResponderExcluir
  8. Vejo a fotografia como uma poesia em essência, a gente ler a imagem, automaticamente a gente sente, sente sua mensagem.

    bjs e ótimo fds.

    ResponderExcluir
  9. a arte transcende com sua dubiedade
    ... o esbarrão foi o que te trouxe ao real.

    ;)

    ResponderExcluir
  10. Herculano,
    Olhar de quem faz a arte fazer parte de quem faz arte apenas com o olhar. Belíssima exposição e postagem.

    Abraço milpe,
    Pedro Ramúcio.

    ResponderExcluir
  11. Fotografia é minha grande paixão. Adorei as fotos *-*

    ResponderExcluir
  12. Belíssimas imagens ...
    Bem ...eu SEMPRE achei que imagem diz mais que qualquer conjunto de palavras que possamos formar ... sou uma frustrada, pois gostaria de trabalhar, de alguma forma com a arte, com as mãos, com a imagem, mas sequer consigo tirar boas fotos: saem sem foco ... (risos!) é verdade .. raramente saem bem ... então me contento em ir juntando 'letrinhas' ... cada um tem seu limite .. enquanto isso, aprecio o que os 'capacitados' fazem ...

    Beijos, querido!

    ResponderExcluir
  13. muito além de educação, existe uma tremenda falta de olhar. Quando se olha, se nota, se reparar e se atenta para o mal feito. Não dá pra saber onde se inicia a falta de olhar, o que me deixa de certa forma frustrada é que, nas vezes em que eu esbarrei por acidente em alguém, ou na rua ou dentro de um elevador, a pessoa não me olhou para receber o pedido de desculpas, apenas ouviu (creio eu) e foi-se na ingnorância. Pior do que ser acometido de um esbarrão, é não se achar parte da paisagem.

    Pontos de vista à parte... fotografia é um olhar extenso sobre a figura, exige a atenção e, por isso, se torna uma magnifica forma de arte. É poder eternizar em uma imagem, aquilo que a memória não vai guardar e aquilo que a palavra não vai descrever!

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia esta fotógrafa, mas achei o seu trabalho fantástico. Vou procurar mais dela ...
    Bjkas e um ótimo sábado para vc.

    ResponderExcluir
  15. Naa mais justo que imortalizar os atos da vida...

    Fique com Deus, menino Herculano.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  16. "fotografar é fazer poesia sem papel e caneta": gostei da definição.

    ResponderExcluir
  17. Sempre gostei de fotos. Não aquelas essa-vai-pro-meu-orkut, mas aquelas que conversam com você, que te fazem ver a si mesmo dentro da fotografia, que mostram uma perpectiva nova e sempre te surpreendem.


    http://guarda-chuvaroxo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Sou uma admiradora dessa arte e uma artista frustada.
    Tenho que aprender muito ainda sobre isso...
    Enfim, curti muito teu espaço.
    Voltarei aqui mais vezes!

    ResponderExcluir
  19. Adorei a comparação com fotografia e poesia - uma nã precisa de lápis e papel!

    Bem dito!
    =*

    ResponderExcluir
  20. Amo fotografia.
    Me mantive longe das cameras , dizia que era por não saber tirar fotos.
    Ao longo da vida descobri
    que era fuga.
    Sim fugia para não me entregar
    a essa arte
    tão sedutora.
    Ainda fujo na verdade,
    mas sei que por pouco tempo.
    A forma como vc saiu da exposição
    foi como sai da exposição de Dali no RJ...
    primeria vez que via de fato algo dele.
    Nunca mais vi o mundo da mesma forma,
    parece que as pespectivas ate aquee dia eram limitadas
    dai em diante...
    não mais.
    Lindo domingo pra nós.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  21. Que bacana. Belas imagens!
    Tenho uma amiga fotógrafa e disse a ela uma vez: Vc faz poesia com os olhos...

    Ah...os microcontos estão demais!

    ResponderExcluir
  22. "fotografar é fazer poesia sem papel e caneta" é verdade, fotografar é guardar a imagem de um tempo.
    EVA AUX ROSES é bonita pela delicadeza e simplicidade FEMME VOLANTE é incrível já que o som das guitarras marcou os anos 80!
    Adorei, mas ela devia ter sido educada!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  23. Olá Herculano, Fotos ricas em expressão que nos fascinam a cada olhar. Em especial a de Irina Lonesco; aquele ambiente estava "cheio" ... é só passar os olhos da alma e econtrará mais que uma simples foto. Beijo

    ResponderExcluir
  24. Gostei muito do seu blog e passo a te seguir.
    Lindo começinho de agosto para ti...
    Beijoooo

    ResponderExcluir
  25. Amo fotografia.
    Um bom fotógrafo não é aquele que entende a parte técnica, e sim aquele que tem olhar.
    Fotos maravilhosas. A primeira então.. Perfeita.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. belíssimas fotos, de fato fotografia é uma poesia sem papel e caneta!

    ResponderExcluir
  27. Adorei todas essas fotos. Fotografia, na verdade, é uma das minhas paixões. Gosto de expressar através da imagem algo que possa ser visto e interpretado de várias formas. E, eu amo fotografias em preto e branco, acho todas elas muito mais expressivas.

    =D

    ResponderExcluir
  28. Como é ter lentes de poeta?
    Imagens e palavras a imortalizar.

    Te abraço com força
    E fé.

    ResponderExcluir
  29. Nossa q belas iamgens da fotografa francesa, eu nao a conhecia e adoro fotografia tb. Nao sou fotografa, mas aadmiro bastante essa poesia q como vc falou bem é a poesia sem caneta e papel.
    belo post belo blog.

    ResponderExcluir
  30. Me sentir como os personagens de seu texto.

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  31. Sombra-luz-Irina.
    Nada mais que perfeito.
    Para ficar na retina.
    Aquele abraço.

    ResponderExcluir
  32. Herculano,
    As fotos são lindas, sem dúvida. Mas venho aqui para agradecer a visita à minha página. Faz uma boa hora que estou aqui, e pelo que li, ouvi, senti é um privilégio tê-lo em meu espaço.

    Grata
    Beijo meu

    ResponderExcluir
  33. Que fotos fantásticas! a exposição está em que lugar? Preciso ir ver.

    ResponderExcluir
  34. Amo palavras, mas imagens me trazem um encanto único.
    Quando vejo uma bela fotografia transbordo e sinto vontade de escrever...


    BeijOs

    ResponderExcluir
  35. Eu gosto muito de fotografia. Clicar não é um simples ato, é captar o momento, a essencia do fato, é tentar descobrir aquilo que ninguém vê. Uma arte.


    Beijo

    ResponderExcluir
  36. .

    Ah, esta incerteza de dizer
    porque não fui e a tristeza
    de dizer porque não vou...

    silvioafonso.




    .

    ResponderExcluir
  37. Lindíssimo!
    Fotofrafia é arte que muito remexe fortemente com o meu espirito... Fico encantada quando aprecio fotos assim...
    Abraço

    ResponderExcluir
  38. Muito bom! Achei incrivel o blog e este post mais recente. Me lembrou uma observação sartriana: A fotografia é a presença da ausência! Abraços!

    ResponderExcluir
  39. Você tem toda razão!
    Se faz poesia de várias maneiras.
    "Poesia" é o auge da beleza em qualquer manifestação artística.
    Belíssimas fotos de Irina. Uma grande poeta!

    A gente vai se perdendo nos meandros dessa blogosfera.
    Fazia tempo que não vinha por aqui.
    Saudade.

    Bj
    Rossana

    ResponderExcluir
  40. Amei as fotos...com certeza...
    fotografar é fazer poesia sem papel e caneta...

    Beijo com carinho

    ResponderExcluir
  41. Seu blog é maravilhoso e eu amo fotografia...
    já estou te seguindo
    Sei um pouquinho do seu universo...
    e quanto ao meu blog lá é universo masculino tb pode dar uma olhada hj e vai ver
    :)
    Boa tarde, e seja bem vindo sempre
    "Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de sorte ou mero acaso.
    É estar perto das pessoas que amamos, que nos fazem bem e que nos querem bem.
    É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso.
    É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras.
    Evitar sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva, e as mágoas que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los.
    É valorizar as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós são destinados.
    E saber ignorar, de forma mais fina e elegante possível, aqueles que dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter nunca valeram um milésimo do tempo que você perdeu ao escutá-las."

    Nietzsche

    Um bom começo de semana pra vc
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  42. Olá Amigo!

    Me desculpe por demorar tanto para vir aqui visitar este blog maravilhoso que fala de fotografia, cinema,arte, tudo que eu amo... Mas agora que cheguei, voltarei sempre.
    As fotos deste post estão sensacionais!!! ADOREI!

    Bjo Gde.

    ResponderExcluir
  43. Adoro escrever com a câmera nas mãos

    revelar sentidos

    imaginar significados

    'ensaiar' cegueiras

    e expressar com a linguagem dos

    sinais tudo que vejo.


    Por aqui o frio que recolhe os dias.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  44. As fotos da Ionesco aliadas ao teu texto me fizeram ficar com vontade de voltar a fotografar.
    Thanks!

    ResponderExcluir
  45. Fotos maravilhosas!
    Amo fotos antigas.
    Já visitou o http:// myparentswereawesome.tumblr.com
    ?
    É demais, só fotos antigaças.

    bjs

    ResponderExcluir
  46. Uau, cada foto, e que tragetória.... e aqui entre nós, como o centro de toda cidade é cinza....

    Belo post.

    ResponderExcluir
  47. Feliz...muito feliz por me perder numa trilha...e ter encontrado este castello para descansar...e ter um pensar e um olhar diferente...Obrigado

    ResponderExcluir
  48. Adorei essas fotos e num breve "passeio" por seu blog, gostei muito; diversidade, sensibilidade e criatividade!
    Abs

    ResponderExcluir
  49. É, sem dúvidas, poema sem papel e caneta.

    ResponderExcluir
  50. É exatamente como disseste, porque a fotografia pausa o instante em luz e tons de pura poesia.

    Inversamente há quem faça de um poema uma fotografia na imaginação do leitor.

    grande abraço

    ResponderExcluir
  51. Uma boa foto é aquela que abre sua imaginação...que traz emoção...como na poesia..Adooooorei as fotos!Bjinhos

    ResponderExcluir
  52. Fotografar é a ação da poesia e movimento em silêncio berrado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  53. Olá,

    O seu blog foi uma descoberta fantastica!

    meus parabéns pelo seu trabalho tão precioso!

    Abraços!!

    * do Blog "Cenas Gagas"

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails