segunda-feira, 14 de junho de 2010

EPITÁFIOS PARA HELENA I

Quando conheci Helena não houve um estalo, um arroubo, uma profusão de fogos artificiais, uma sonata de violinos ou uma cena em câmera lenta.
O tempo não parou para ver Helena passar.

24 comentários:

  1. Iniciando uma nova série de microcontos.

    ResponderExcluir
  2. Pois o que chega de mansinho, sem grandes alardes, e fica por ali como não quer nada, o faz porque está a fincar raízes.

    A espera de mais microcontos!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Pois eu, quando conheci Helena, tive vontade de desencaixotar a pobrezinha :)
    Muito bom o microconto!

    ResponderExcluir
  4. Encontro especial esse, em que o tempo não parou, pois acompanhou Helena, para que ela não passasse, ela ficasse...no rastro do tempo, no resto da esquina, na réstia de fantasias e realidades siamesas.
    Abraço! Gostei do espaço, voltarei e voltarei.

    ResponderExcluir
  5. Todavia, passou o tempo e Helena nunca saiu...

    ResponderExcluir
  6. Herculano! Assim como na música de Cazuza, o tempo não pára, nem mesmo para ver Helena passar.
    Adorei o texto. Não precisou de muitas palavras nem palavras complicadas para falar de Helena passando! Parabéns pelo blog. Abraços, Marina Toledo.

    ResponderExcluir
  7. Helena é nome/delírio masculino desde Tróia até Manoel Carlos!

    Olha isso, é ou não é o melhor da copa? http://migre.me/OPs2

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. O tempo é cruel. Não respeita nem a poesia.

    ResponderExcluir
  9. É um micro-conto bué de porreiro. Gostei. Parabéns. Muito obrigado por visitar meu blogue.

    ResponderExcluir
  10. Como poderia saber se é ou não a mulher mais bonita da cidade?

    ResponderExcluir
  11. Helena
    uma menina
    serena
    que deu ao tempo
    o tempo
    para ele
    a admirar

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. O máximo é que, apesar de tudo isso, Helena foi captada, registrada, não esquecida: Helena dispensa alaridos, porque é Helena, seja esta a Helena que for!

    abraços,
    tania

    ResponderExcluir
  13. o mundo não para mesmo, nem para as coisas belas, nem para as ruins

    ResponderExcluir
  14. Helena...Helena...personagem forte!

    ResponderExcluir
  15. Mas entrou em sua vida, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  16. O tempo não parou, mas alguém realmente precisou observar.

    ResponderExcluir
  17. interessante tudo isso, mais confesso que fiquei meio sem palavras para " O tempo não parou para ver Helena passar.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails