quinta-feira, 27 de maio de 2010

PICOS IV

Daqui de cima, confirmo: a cidade é realmente pequena. Andando por suas ruas, reencontrando sempre as mesmas faces cansadas, eu já desconfiava.

23 comentários:

  1. Minha cidade é assim, uma "lindeza", uma foto colorida no sertão...Sempre as mesmas caras, o mesmo semblante, tudo tão monótono...Acho que eu é que mudei...

    Linda foto...o antigo sempre me comove.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. cidade pequena, msmas pessoas = tedio =/

    ResponderExcluir
  3. Herculano,

    Os micros continuam agradando. ;)

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. A cidade é demasiado pequena.
    O poeta mal cabe em si.
    Por isso escreve.

    ResponderExcluir
  5. Gosto de lugares pequenos, porque os moradores são mais acolhedores, hospitaleiros.
    Feliz com sua visita! Poderá gostar também do "Cio da lua".

    Beijo no olhar!!!

    ResponderExcluir
  6. Não importa se a cidade é pequena, mas sim se o povo dela é gigantesco...

    Fique com Deus, menino Herculano.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a foto!
    Gosto de cidade pequena.


    Um abraço Herculano!

    ResponderExcluir
  8. estes lugares mais bucólicos me trazem uma grande nostalgia dos meus tempos de Milho Verde, um pequeno distrito aqui de MG ... saudades ...

    desculpe-me mas estou com uma dúvida cruel ... "o que é TRANSAR?" eim? rs ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  9. Eu já desconfiava também de estar perdido. AHuAHauhauaHua
    Será que estamos mortos mesmo?
    Eu não gosto de cidade pequena. Sei lá, conhecer todas as pessoas e nada de diferente existir. Sou atraído por quebra de rotina.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Bela pequena cidade das caras cansadas!

    Herculano, eu tenho a mesma impressão que você disse ter em seu comentário em meu blog; acho que a semana é um dia médio, pois não chega a ser um dia longo. (sorrio).

    Abraço do Jefhcardoso!

    ResponderExcluir
  11. Em algum ponto do espaço poético você e o Gagarin se encontram.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. E quando o mundo inteiro fica pequeno demais? Quando mesmo nesse imenso espaço entre o céu e a terra a gente se sente apertado?

    Com o tempo a gente quer mais mesmo...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Uma cidade pequena, com pessoas de corações gigantes... poderia ser assim!!!

    ResponderExcluir
  14. Topografia de uma cidade. Estranhamente, os picos são mais frios. abraços.

    ResponderExcluir
  15. Berço do poeta, que ele reconhece
    como a palma das suas mãos.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Mas cada vez que tiver lá em cima vai notar mais uma ou menos uma construção...

    ResponderExcluir
  17. Perspectiva só confirma [por vezes completa] a percepção já tida... :)

    ResponderExcluir
  18. Como as coisas ficam pequenas quando as vemos de cima...
    É a visão do poeta.

    ResponderExcluir
  19. Meu vilarejo é um ovo. Casas pobres e velhas; pessoas pobres e cansadas. Sempre a mesma feição. E eu amo tanto o meu lugar!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Achei linda a sua homenagem. Principalmente na frase: "Continuará vivo, mesmo que morra no final"

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails