sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

COMENTÁRIOS MODERADOS

          Recebo semanalmente a visita de um anônimo. Ele nunca falha, espalha seus comentários impertinentes pelas últimas postagens e retorna na semana seguinte. Nunca publico seus comentários levianos, principalmente por não ter assinatura, mas ele parece não se importar. Às vezes penso que ele não quer comentar, apenas se divertir (deve ser suficiente imaginar que leio suas mensagens). Contextualizado relevaria até alguém que usasse um pseudônimo, é um pouco romântico, mas anonimato não tolero. A maioria se vale dessa condição para ofender, menosprezar, maldizer, destilar seu rancor - e eu não posso ser cúmplice de atos infantis e covardes.
           A moderação desta página está ativada não para eu filtrar o que discordo, longe disso, mas para evitar inconvenientes - e também não quero ter o trabalho de apagar nada depois, até porque já pode ser tarde, vide o exemplo do blogueiro Emílio Moreno, e seu blog LIBERDADE DIGITAL, que em março de 2008 postou uma análise sobre uma briga que ocorreu numa escola particular na cidade de Fortaleza. A postagem recebeu apenas um comentário, único, porém ofendia a diretora da escola onde aconteceu a confusão, o que bastou para o dono do blog ser acionado na Justiça e condenado a indenizar a diretora em dezesseis mil reais por danos morais, tudo por causa do veneno de um anônimo.
           Os comentários não são como anúncios de bebida alcoólica, não posso pedir aos internautas algo como “comente com moderação”. O comentário é uma opinião livre, salutar, que é tão lido quanto o texto principal, não pode servir de mural de recados nem de munição oportunista para francos atiradores. Já o comentário do comentário é mais do que metalinguagem, é a expansão do debate, é quando todos saem ganhando.
           A última mensagem do anônimo foi: “Obrigado, por jamais aceitar meus comentários”. Não posso negar que senti um pouco de piedade dessa figura solitária, carente, medrosa, sem nome e sem rosto, entristecida por minha indiferença no computador escanteado de alguma lan house. Agora ele tem mais do que um comentário publicado.

17 comentários:

  1. O que me encantou em seu blog desde a primeira visita e agora, ainda mais, é que você é respeitoso em tudo o que escreve. E prá ser bem tiete, eu rasgo um elogio - tu escreve bem que chega dói, hein?
    Abraços Herculano e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Depois desse texto tão dedicado a ele, o "fulano de tal" acabou de sair do anonimato, seu pseudônimo é: "Anônimo", hehehe...

    Gostei do "comente com moderação".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Você está certíssimo e realmente dá pena...

    ResponderExcluir
  4. O Ataque on-line que o diga, nobre Herculano. Mas o seu assíduo visitante anônimo ganhou uma nota e tanto. Se não me engano, com Macabéa também foi assim.

    ResponderExcluir
  5. tenho certeza que canalhas anônimos cruzam conosco pelas ruas e geralmente nos chamam de " amigo" seria mais útil a amizade e consigo mesmo se simplesmente disse: gosto, não vou , ler e pronto...
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Você deve incomodá-lo só por existir. :0

    ResponderExcluir
  7. Sempre foi complicado lidar com anônimos, decidir o que fazer. Depois do que o tal blogueiro passou, e a tremenda injustiça a que foi submetido, virou coisa séria aceitar os que nem sequer tem coragem de assumir suas palavras, ams ofendem deliberadamente. Mas, temos liberdade tanto quanto todos os anônimos, então a escolha, no final, é nossa... ainda bem.

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Com um texto desse calibre, é bem capaz que os comentários do Anônimo se multipliquem... rs

    Abraço

    Laís Santos

    ResponderExcluir
  9. "Anônimos" parecem causar alguns rebuliços nos blogs. Ligue não. Deve ser algum(a) recalcado(a). Precisa do anonimato para se exprimir. Mas, enfim, o blog é seu e assim como essa pessoa tem a opção de escrever anonimamente, vc tem a aopção de moderar os comentários. Então, está tudo certo.

    ResponderExcluir
  10. Que boa ideia! Todos nós da blogosfera temos nossos anônimos. Por conta disso até já parei com o blog em meados deste ano; depois, deixei pra lá e voltei.
    Ótima postagem.
    Aos anônimos: sintam-se homenageados.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Gostei do seu espaço,irei ficar.Carinho

    ResponderExcluir
  12. Ah, os anónimos são o câncer daqueles que blogam.
    Gostei do post: frontal e, principalmente, educado. Assim é que tem que ser :)

    Ele deve ter ficado todo contente, afinal, teve um post dedicado à ele/a.

    Fique em paz*

    ResponderExcluir
  13. Muito instrutivo seu texto. Ativei a moderação após tais relatos.

    ResponderExcluir
  14. HNETO.

    NESTE “MUNDINHO MUDANO MUNDÃO” ACONTECE DE TUDO, O SER HUMANO É CAPAZ DE TUDO POR NADA. NÃO QUERO ACHAR QUE SOMOS EXCEÇÕES PORQUE ALÉM DE SER UM PENSAMENTO PRETENCIOSO, MEGALOMANÍACO , UMA INACEITÁVEL SOBERBA NO QUE ABRANGE CONCEITOS DE ORDEM MORAL, ÉTICO E HUMANO DA MINHA PARTE. PREFIRO CRER QUE FAZEMOS PARTE DE UMA REGRA QUE VIVE EM CONFORMIDADE E DENTRO DOS PARÂMETROS DE VALORES E RESPONSABILIDADES NA CONVIVÊNCIA SOCIAL. NÃO QUERO CAIR EM DESGRAÇA E NA DESILUSÃO. O QUE NÃO POSSO IMPEDIR É QUESTIONAMENTOS PRÓPRIOS PARA COMPREENDER O INCOMPREENSÍVEL.E DESISTIR TAMBÉM , CURVANDO-ME A CONVENIÊNCIA DO MEU BEM ESTAR E TAMBÉM PARA QUE NÃO SOBREPONHA ALGUMAS QUESTÕES EM PROL DE OUTRAS RELEVANTES A NIVEL PESSOAL. MAS

    “....Quem é o outro que sempre anda a teu lado? Quando somo, somos dois apenas, lado a lado, Mas se ergo os olhos e diviso a branca estrada Há sempre um outro que a teu lado vaga A esgueirar-se envolto sob um manto escuro, encapuzado Não sei se de homem ou de mulher se trata _ Mas quem é esse que te segue do outro lado?" (O que disse o trovão , T.S Eliot)

    TAMBÉM PELA NECESSIDADE DE ME POSICIONAR E A GARANTIA CONSTITUCIONAL QUE REGULAMENTA NOSSOS DEVERES E DIREITOS ASSEGURADOS ( NEM TANTO, VERDADE).
    CADA CASO É UM CASO. E HÁ ( ANDO A CONSTATAR) CASOS DE AGRESSÕES EM MASSA NO VIRTUAL E NÃO POR ANÔNIMOS, MAS POR FERFIS FAKES COMO ACONTECEU EM UMA POSTAGEM NO MEU BLOG SAM “ SEGUIDILLA”, PAUL VERLAINE ( SENTIMENTOS-SAM.BLOGSPOT.COM) . A MAIORIA DOS COLEGAS APAGARAM O COMENTÁRIO AGRESSIVO E ABUSIVO ( CADA UM POR SUAS RAZÕES DE ORDEM ÍNTIMA), OUTROS FORAM NO TAL PERFIL RESPONDER. NÃO ME SENTIRIA NADA BEM EM APAGÁ-LOS! NÃO ME ACOVARDO, MAS TAMBÉM NÃO VOU PERDER TEMPO INDO NO TAL PERFIL.ASSIM JÁ HOUVE NO DESNUDA. AGI DA MESMA FORMA. QUANTO A ANÔNIMOS, POUCAS VEZES TAMBÉM TIVE. E EM TODAS SEI QUEM SÃO. MAS ACHO POR BEM( DESDE SEMPRE O FIZ) MODERAR COMENTÁRIOS. E NO DESNUDA, UM CASO ATÍPICO E ERA IMPERATIVO UMA “ SUSPENSÃO”. ENFIM, CADA CASO É UM CASO.”CADA CABEÇA, UMA SENTENÇA.”


    É Preciso Saber Viver
    Titãs
    Composição: Erasmo Carlos / Roberto Carlos

    Quem espera que a vida
    Seja feita de ilusão
    Pode até ficar maluco
    Ou morrer na solidão
    É preciso ter cuidado
    Pra mais tarde não sofrer
    É preciso saber viver
    Toda pedra do caminho
    Você pode retirar
    Numa flor que tem espinhos
    Você pode se arranhar
    Se o bem e o mal existem
    Você pode escolher
    É preciso saber viver
    É preciso saber viver
    É preciso saber viver
    É preciso saber viver
    Saber viver, saber viver!



    E APRENDER A VIVER. Estou tentando rsrs.

    Please, um corretor google aí! Escrevi de um fôlego só! HAhahahahahahaha

    ResponderExcluir
  15. Ah, e acho que temos que ter uma atitude: SOLIDARIEDADE! Mostrar a nossa cara.


    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Os anônimos são para isso mesmo, escrever o que não tem coragem. Se fosse para falar a opinião com sua cara a mostra, será que faria? claro que não.

    mas é isso aí, pelo menos rendeu um bom texto, esse seu leitor anônimo.

    grande abraço e foi um prazer conhecer seu blog.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails