sábado, 18 de abril de 2009

KELVIN PROFUNDO E A MULHER MODERNA

Caminhava pelo centro da cidade, à noite e meio apressado, quando uma mulher se aproximou e me ofereceu seus serviços de “Kelvin Profundo sem embalagem e sem arrependimento por vinte conto” – como se fosse uma dessas panfletistas que ocupam a calçada divulgando empréstimos, cursos e exames médicos. Despertada a curiosidade parei para perguntar sobre o que se tratava e didaticamente ela me explicou, acariciando meu ombro numa tentativa vã e desajeitada de sedução, que Kelvin Profundo nada mais era do que a prática requentada da outrora célebre Garganta Profunda, com direito a ejacular goela abaixo (daí o “sem embalagem” do comercial). Não demonstrando surpresa agradeci e recusei, o que ocasionou um muxoxo de criança mimada, e sem perder tempo renegociando comigo passou naturalmente para outro possível cliente. (Depois descobri que Kelvin é uma corruptela de “quer vim”, modismo no calçadão de Copacabana). Já em casa, durante o intervalo do futebol nosso de quarta-feira, me deparei com o canal GNT e o programa “Saia Justa”, onde Mônica Waldvogel, Betty Lago, Maitê Proença e Márcia Tiburi, representantes da mulher moderna e de um mundo perfeito sem clichês masculinos, devidamente acomodadas num sofá, dissertam descontraidamente sobre comportamento, tendências e atualidades. Tudo no seu lugar, embora tenha me incomodado que o patrocinador seja o Caldo Knorr, símbolo do arquétipo da dona de casa ideal – ao lado do Bombril e de qualquer anúncio de margarina. Num exercício desnecessário de imaginação tentei, com muito esforço, visualizar a mulher que encontrei na rua sorridente e de avental numa cozinha branca cheia de luz natural ou o Kelvin Profundo patrocinando o programa, com direito a filme ilustrativo e slogan com duplo sentido. Porém começou o 2º tempo.

3 comentários:

  1. Camarada Herculano essa história de Kelvin profundo tá em uma das edições da revista PIAUI.Gostei da gravura não imaginava que o Kelvin vai tão profundo

    ResponderExcluir
  2. Outros nomes, porém o mesmo gozo.

    ResponderExcluir
  3. Divertida imagem. Divertido texto, querido.
    Tudo de bom na tua prosa e poesia.

    ResponderExcluir

Comente apenas se leu a postagem.
Comentários anônimos serão recusados.

Related Posts with Thumbnails